PUBLICIDADE

2019 foi um ano com diversos lançamentos de peso. Apesar de não termos o mesmo brilho nos exclusivos como tivemos em 2018 com jogos como God of War e Spider-Man, 2019 nos trouxe Death Stranding e diversos jogos incríveis de third-parties como Sekiro: Shadows Die Twice, Resident Evil 2, Devil May Cry 5 e muitos outros.

Chegou a hora do PSX Brasil premiá-los! Portanto, vamos conferir quais foram os melhores jogos e DLCs de 2019 para o PlayStation 4, PlayStation Vita e PlayStation VR!


Melhor Jogo de PlayStation 4

PUBLICIDADE

Resident Evil 2 é o nosso Jogo do Ano! O título da Capcom foi o que mais agradou a nossa equipe e leva o prêmio máximo do PSX Brasil em 2019. Em seguida, dobradinha da Capcom: Devil May Cry 5. Em terceiro temos Death Stranding, ambicioso projeto da Kojima Productions.

GOTY Resident Evil 2

1. Resident Evil 2

Resident Evil 2 é um excelente título. O Survival Horror que os fãs tanto almejam está presente, o aspecto técnico é impressionante e as diversas campanhas (mesmo que tenham elementos muito similares) aumentam a vida útil consideravelmente. Apesar do remake não ser exatamente idêntico ao original, a essência do game de 1998 continua presente. Resident Evil 2 é um título obrigatório em sua coleção.

GOTY Devil May Cry 5

2. Devil May Cry 5

Devil May Cry 5 faz justiça ao legado da série, até mesmo superando em alguns pontos seus predecessores. Sua excelente jogabilidade faz deste um dos melhores jogos de ação já criados e sua ótima narrativa faz com que o jogador fique atento no desenrolar da história.

GOTY Death Stranding

3. Death Stranding

Death Stranding é certamente um dos melhores títulos que tivemos o prazer de jogar nesta geração e a semente responsável por gerar um subgênero totalmente novo, que sem dúvidas em breve dará belíssimos frutos no futuro. Hideo Kojima se superou ao nos entregar não apenas uma história excepcional, mas um vasto mundo que está em constante mudança por conta das ações de seus jogadores. Certamente, não é um jogo que agradará a todos, mas podemos garantir que aqueles que se deixarem levar pela sua proposta, enredo e mecânicas terão uma experiência inesquecível.

4. The Legend of Heroes: Trails of Cold Steel 3

Apesar dos desafios de ter que dar continuidade à história de dois dos melhores JRPGs da última década, The Legend of Heroes: Trails of Cold Steel III mais do que faz jus ao seu legado, entregando uma experiência ancorada em uma narrativa que, apesar de demorar para engatar, consegue ser uma das mais surpreendentes do gênero e com um gameplay ainda mais desafiador e divertido do que seus antecessores.

5. Sekiro: Shadows Die Twice

As pequenas imperfeições são rapidamente desconsideradas diante de um gameplay tão majestoso. Sekiro: Shadows Die Twice estabelece um marco importante para os jogos de ação ao introduzir um sistema de combate inovador e eufórico, acompanhado de uma exploração vertical singular. A jornada não é fácil, mas a catarse proporcionada pela superação de cada obstáculo é inigualável.

6. GRIS

GRIS é um jogo que só pode ser descrito com uma palavra: mágico. Os sentimentos e sensações que o jogo desperta através do seu trabalho magistral de arte e música, combinado com um sistema de movimento e jogabilidade muito bem feitos, resultam em uma experiência incrível e em um dos jogos mais emocionalmente poderosos, marcantes e significativos dessa geração.

7. Days Gone

Days Gone pode não trazer tanta originalidade em um tema já bastante gasto na indústria de entretenimento. A similaridade com outros jogos é notável, mas não se sobrepõe às qualidades que o título apresenta. Uma história interessante, um mundo vivo e agressivo, protagonista bem definido e um excelente combate fazem do título da Bend Studio uma excelente opção para os donos de um PlayStation 4.

8. Control

Apesar de sua história confusa, Control é um ótimo jogo de ação e aventura, com um gameplay bastante variado. A ideia de uma arma ser usada para todas as funções, associada a todos os poderes psíquicos de Jesse, faz com que o combate funcione muito bem. O estilo “metroidvania” simplificado também agrada, possibilitando que Control não seja totalmente linear.

9. Metro Exodus

Falar que Metro Exodus é o melhor da série Metro não é exagero. As vastas melhorias são notáveis e trazem um jogo fantástico, ainda mais numa época em que jogos de tiro são reconhecidos apenas pelo fator online. A narrativa aprimorada, personagens carismáticos, jogabilidade excelente e um visual impecável fazem de Metro Exodus um dos melhores jogos de tiro da geração. De certa forma, Exodus traz uma nostalgia agradável e é obrigatório tanto para os fãs da franquia quanto aos adoradores do gênero FPS.

10. Mortal Kombat 11

Mortal Kombat 11 é um excelente jogo de luta. Oferece muitas novidades em seu gameplay, inclusive com elementos que trazem inovação em mecânicas que a maioria dos desenvolvedores não costuma se arriscar em alterar – e isso é algo bastante positivo. O modo história continua sensacional, apesar de sua conclusão um pouco decepcionante. Os diferentes modos de jogo também agradam, como o vasto tutorial, o online funcional, as Torres e a Kripta.

Menções Especiais: The Outer Worlds, Borderlands 3, Kingdom Hearts 3, Bloodstained: Ritual of the Night, Judgment, Ace Combat 7: Skies Unknown, AI: The Somnium Files, The Legend of Heroes: Trails of Cold Steel, Frostpunk: Console Edition, Dragon Quest Builders 2, Crash Team Racing Nitro-Fueled.

Escolha dos Leitores: Resident Evil 2, seguido por Death Stranding e Sekiro: Shadows Die Twice (empate técnico!).

Melhor PS4 2019


Melhor Jogo de PlayStation Vita

Talvez seja o último ano em que premiamos os melhores jogos de PS Vita (e que será substituído pelo PlayStation 5), mas o portátil ainda vive! Neste ano, com exceção de Romancing SaGa 3, há um domínio das visual novels no ranking. O grande vencedor foi The House in Fata Morgana: Dreams of the Revenants Edition, provavelmente uma das melhores visual novels que existem.

GOTY House Morgana

1. The House in Fata Morgana: Dreams of the Revenants Edition

The House in Fata Morgana: Dreams of the Revenants Edition senta no topo, com grandes do gênero, trazendo para as plataformas PlayStation obras-primas que valem a pena ser vivenciadas por todos.

2. Spirit Hunter: NG

Spirit Hunter: NG, dando um passo para frente e outro para trás, acaba por entregar um jogo tão divertido e interessante como seu antecessor.

3. Code: Realize ~Wintertide Miracles~

Code: Realize ~Wintertide Miracles~ é um jogo fortemente direcionado aos fãs da série e faz mais do que o suficiente para agradá-los. Por mais que algumas rotas não sejam tão boas, a história como um todo vale a pena para quem jogou ambos os jogos anteriores.

4. Nurse Love Syndrome

Nurse Love Syndrome, apesar de mostrar sua idade, ainda consegue ser divertido e marca uma boa adição à diversidade no catálogo de visual novels no Ocidente.

5. Romancing SaGa 3

Romancing SaGa 3 é um JRPG ambicioso, com uma ótima história e divertidos sistemas de jogabilidade que, apesar de ter demorado demais para chegar ao Ocidente e parecer um pouco datado, deve ser jogado pelos fãs do gênero.

Escolha dos Leitores: Romancing SaGa 3.

Melhor PS Vita 2019


Melhor Jogo de PlayStation VR

O PlayStation VR continua com um suporte considerável e o prêmio de melhor jogo do ano vai para Ghost Giant!

GOTY Ghost Giant

1. Ghost Giant

Ghost Giant é um jogo emocionante e que certamente tocará os corações daqueles que se aventurarem em seu universo, graças ao seu brilhante enredo e excelente jogabilidade. Seu único problema é a ausência de um fator replay e que justifique uma nova visita por parte do jogador à obra.

2. Table of Tales: The Crooked Crown

Table of Tales: The Crooked Crown é um jogo que funciona como um bom exemplo de que ainda existe muito potencial a ser aproveitado pelos desenvolvedores no PlayStation VR. É um título obrigatório para os donos do headset, fãs de RPG ou board games.

3. L.A. Noire: The VR Case Files

Apesar de seus controles problemáticos e falta de polimento, L.A. Noire: The VR Case Files é um jogo obrigatório para aqueles que tiveram a oportunidade de jogar o título original.

Escolha dos Leitores: Blood & Truth, seguido por L.A. Noire: The VR Case Files.

Melhor PS VR 2019


Melhor Jogo de Produtora Independente

Os indies continuam recebendo destaque em nosso site e GRIS é, facilmente, o melhor título do ano nesta categoria! Em seguida temos Bloodstained: Ritual of the Night, projeto de Koji Igarashi que tinha tudo para dar errado – mas que deu muito certo.

GOTY GRIS

1. GRIS

GRIS é um jogo que só pode ser descrito com uma palavra: mágico. Os sentimentos e sensações que o jogo desperta através do seu trabalho magistral de arte e música, combinado com um sistema de movimento e jogabilidade muito bem feitos, resultam em uma experiência incrível e em um dos jogos mais emocionalmente poderosos, marcantes e significativos dessa geração.

2 – Bloodstained: Ritual of the Night

Bloodstained foi produzido para saciar a demanda de fãs por um novo Castlevania no estilo de Symphony of the Night e, felizmente, Ritual of the Night se mostra como um excelente sucessor espiritual e também um ótimo ponto de início para uma nova série.

3 – Children of Morta

Children of Morta mescla de ótima forma os estilos de RPG de ação e roguelite, criando uma experiência renovada a cada vez que se joga. O desenvolvimento narrativo e as histórias que compõem a família Bergson são capazes de prender o jogador mais do que a própria jogabilidade. Ainda que pequenos problemas técnicos sejam frequentes na versão de consoles, nada diminui a excelente experiência que o título proporciona.

4 – Return of the Obra Dinn

Return of the Obra Dinn chegou aos consoles com a mesma qualidade e originalidade que o impulsionou à crítica um ano atrás.

5 – Blasphemous

Blasphemous é uma grata surpresa neste ano e um título indispensável para fãs de jogos metroidvania ou souls-like. Sua atmosfera, mecânicas e enredo combinam-se de forma primorosa para criar um game que, além de extremamente divertido e viciante, possui sua própria identidade. The Game Kitchen certamente é um estúdio que merece mais atenção daqui para frente no cenário de jogos independentes.

Menções Especiais: Fell Seal: Arbiter’s Mark, Wargroove, VA-11 Hall-A:Cyberpunk Bartender Action, Indivisible, The Messenger, Yooka-Laylee and the Impossible Lair, Trine 4: The Nightmare Prince.

Escolha dos Leitores: Bloodstained: Ritual of the Night, seguido de GRIS.

Melhor Indie 2019


Melhor DLC

Finalmente, em um ano que os DLCs e expansões diminuem cada vez mais (se tornando gratuitas ou jogos completos), a Capcom mais uma vez recebe o nosso prêmio máximo com o incrível Monster Hunter World: Iceborne. Neste ano decidimos premiar apenas um DLC (e não fazer um ranking), mas tenha em mente que tivemos Shadowbringer para o MMORPG Final Fantasy XIV e Shadowkeep (Fortaleza das Sombras) para Destiny 2.

GOTY Monster Hunter World Iceborne

Monster Hunter World: Iceborne

Iceborne é basicamente o que esperamos de uma expansão. Possui uma nova região a ser explorada, vários monstros, diversas novidades mais sutis e um “endgame” consistente. É a desculpa perfeita para gastar outras centenas de horas num dos melhores jogos que a Capcom ofereceu nesta geração.

Escolha dos Leitores: Monster Hunter World: Iceborne, com mais de 84% dos votos.

Melhor DLC 2019