Um funcionário da EA Sports foi pego vendendo cartas de ídolos de FIFA 21 por dinheiro – levando a este último sendo chamado e condenando a ação.

Devido ao acontecido, uma hashtag “EA Gate” surgiu e está se tornando uma tendência. Como relata a história, esse tratamento e prática por baixo da mesa começaram à medida que as mensagens começaram a se espalhar pelo Twitter.

Uma conversa entre o que é supostamente um funcionário da EA vendendo cartões Ultimate Team por dinheiro real viralizou. Isso pode ser visto a seguir, em um tweet da FUTArcade. Deve-se observar que, até o momento, nada foi provado em relação a este caso.

Respondendo ao acontecido, a EA Sports respondeu dizendo que estará investigando o assunto.