A Square Enix respondeu aos comentários de Yuji Naka sobre Balan Wonderworld, que criticou fortemente a editora por lançar o jogo no que ele acredita ser um estado inacabado.

O criador de Sonic afirmou recentemente que foi removido do cargo de diretor de Balan Wonderworld seis meses antes do lançamento do jogo fortemente criticado, resultando em um processo contra a Square Enix.

Durante a teleconferência de resultados do ano inteiro da Square Enix hoje (via VGC), a empresa confirmou que estava envolvida em um processo com Naka, mas se recusou a comentar mais, de acordo com o repórter do Bloomberg, Takashi Mochizuki.

No entanto, a Square Enix defendeu Balan Wonderworld, dizendo que “é um jogo que recomendamos com confiança”.