Durante a conferência com investidores, o Embracer Group confirmou que o acordo com a Square Enix inclui Marvel’s Avengers e Marvel’s Guardians of the Galaxy.

Apesar de serem desenvolvidos pela Crystal Dynamics e Eidos Montreal (ambos adquiridos pelo Embracer Group), era incerto o que aconteceria com os dois jogos.

No entanto, para que ambos os jogos continuem recebendo suporte (principalmente Marvel’s Avengers), é necessário ainda que ocorra uma aprovação por parte da Disney.

Caso a Disney discorde, é grande a chance de ambos os títulos ‘morrerem’. Ou seja, não só pararem de receberem atualizações, mas também serem removidos das lojas digitais e os seus servidores desligados (mais uma vez, no caso de Marvel’s Avengers).

Resta aguardar pelos próximos capítulos. Lembrando que a aquisição dos estúdios da Square Enix só deve ocorrer de fato entre julho e setembro de 2022. Portanto, até essa data, ambos os jogos estão ‘a salvo’.

No vídeo abaixo você confere o trecho da conferência em que é discutido exatamente os pontos apresentados acima.

Vale destacar também outra notícia em paralelo. De acordo com o analista de mercado David Gibson, a Square Enix vendeu seus estúdios do Ocidente por apenas 300 milhões por conta da Marvel.

Em menos de dois anos, a Square Enix perdeu 200 milhões de dólares com os dois jogos (Avengers e GotG).