PUBLICIDADE

Março foi um mês extremamente agitado. Tivemos o cancelamento de inúmeros eventos (E3 2020, GDC 2020, etc) com a chegada do coronavírus (o que nos fez ficar em quarentena e mudar completamente o nosso estilo de vida… ou não?), DOOM Eternal foi lançado, mais informações a respeito do PlayStation 5 (como suas especificações técnicas) foram divulgadas e assim por diante.

Porém, algo previsto e que sabíamos que ia acontecer, de fato ocorreu. Dia 8 de março é considerado o Dia Internacional da Mulher. Por conta disso, costuma-se celebrar as conquistas do sexo feminino ao longo de todo o mês. E, sob esse ponto de vista, o mundo dos games continua ignorando o público feminino.

Pensando nesse aspecto, uma ação da Pyre (conheça mais sobre esta rede social) e do PSX Brasil foi dar lugar de fala e destaque para duas jogadoras que possuem perfil na rede social e tem sua história bem alinhada com o mundo PlayStation. Conheçam, portanto, Jéssica Duarte Sanches e Cláudia Mitre Rocco!


PUBLICIDADE

Prazer! Sou Claudia Mitre Rocco, 20 anos. Faço Publicidade e Propaganda e almejo fazer Jornalismo. Comecei a jogar com 3 anos, mas só jogos do Coelho Sabido no PC. Com 5, meu pai me deu um PS1 Fat (que eu tenho até hoje) e eu jogava jogos como Rugrats, Pac-Man e Harvest Moon. Mas logo eu me acostumei a jogar jogos como Resident Evil, Dino Crisis, Silent Hill e Tomb Raider.

Com 7 anos, eu ganhei um PS2 Fat e foi outra época que eu jogava o dia inteiro; principalmente jogos como Fatal Frame, Clock Tower, Devil May Cry e Haunting Ground. Eu sempre fui muito viciada, e eclética para jogos; principalmente Survival Horror e JRPG.

Quando eu tinha 12 anos, comecei a escrever no Video Games Death, um blog focado em jogos de horror sendo que possuía bastante visitas na época. Minha especialidade sempre foi falar de jogos realmente desconhecidos, de qualquer plataforma. Escrevi lá por muitos anos.

Eu coleciono jogos e consoles. Tenho um PS2 Fat americano, um japonês e um Slim. Também tenho três PS1: um Fat, um Slim e um que tem uma TV acoplada.

Também possuo um PSP e um PS Vita. Joguei incontáveis jogos no PSP, como The 3rd Birthday, Tactics Ogre, Corpse Party, Final Fantasy, Legend of Heroes, Summon Night e muitos outros. Da mesma forma, tenho um PS3 (que eu demorei para comprar) e um PS4, que eu jogo bastante.

Coleciono outros consoles também, como Telejogo, Atari, Odyssey, Mega Drive, Master System, Sega CD, Sega Game Gear Nintendinho, SNES, Dreamcast, 3DO, XBOX, XBOX 360, XBOX One, Nintendo Wii, Game Boy Advance, Nintendo DS e Nintendo 3DS.

Além de tudo isso, também sempre joguei muito no Computador, principalmente o gênero Adventure, como Grim Fandango, Full Throttle, Day of the Tentacle e outros.

Hoje em dia, eu escrevo matérias para a Pyre, principalmente falando de jogos desconhecidos. Também me chamaram para participar da revista de games da Alvanista e em um bate papo ao vivo na Imma, escola de design de Ribeirão Preto, sobre o tema “Jogos influenciam a violência?”. Já gravei um podcast sobre jogos na faculdade. Além de jogar videogame, eu também amo ler livros (estou lendo O Tempo e o Vento) e coleciono filmes.

Muito obrigada!

Siga a Claudia em seu perfil na Pyre:


Olá! Tudo bem? Primeiramente, sou Jéssica Duarte Sanches (Twitter), tenho 29 anos, sou criadora de conteúdo, colecionadora de videogames e trabalho com tecnologia. Estou aqui para contar-lhes a minha história com as gerações PlayStation. Vamos começar?

Bom, na minha infância, nos tempos do PS1 Fat, como o console era um pouco caro na época, costumava jogar na casa de um dos meus tios. Como eu gostava de outros consoles como o SNES e Sega CD, me apaixonar pelo PS1 foi fácil. :]

Graças ao console, tive momentos felizes jogando jogos como: Spyro Riptor’s Rage, Dino Crisis, Tomb Raider, Tekken 3, Final Fantasy VIII, Harry Potter 1 e 2, GTA, Harvest Moon, Resident Evil 3 Nemesis, Tony Hawk’s e outros.

Acabei jogando tanto na casa dos meus tios que, para a minha surpresa, eles me presentearam com o PS1 deles. Vocês imaginam a minha reação na época? O PS1 continuou trazendo alegrias até que o leitor ficou ruim e, então, tempos depois os meus pais compraram o PS1 Slim.

Nos anos 2000, a Sony lançou o PS2 e acabei ganhando de presente. Porém, as versões iniciais vieram com defeitos e para poder aumentar a minha jogatina, precisei usar bolsas de gelo para conseguir jogar por horas. Os meus jogos favoritos eram: GTA San Andreas, The Sims 2 Pets, Guitar Hero III, Harry Potter 1 ao 3 e muito mais!

Continuando, na geração do PS3 fiquei trauma de comprar o console inicialmente e, então, continuei jogando no PS2 por muito tempo.

Passei horas jogando GTA IV, Call of Duty: Black Ops 1, FIFA 14, Lollipop Chainsaw, The Amazing Spider-Man, PlayStation All-Stars Battle Royale, Just Dance 2014 e outros.

Sobre os consoles portáteis, comprei ambos após o lançamento para complementar a minha coleção.

Lá em 2013, a Sony lançou o PS4 que para muitos está sendo um dos melhores consoles da história. Desde a compra, tenho jogado títulos como: FIFA 20, Spider-Man, Red Dead Redemption 2, Dragon Ball FighterZ, Tekken 7, Street Fighter V, Final Fantasy XV, GTA V e outros.

No final do ano de 2019, a Sony fez um concurso para mostrar o seu cantinho PlayStation nas suas redes sociais e, como adoro participar de concursos, enviei uma foto do meu cantinho. Para a minha surpresa, o meu cantinho foi um dos escolhidos!

Além de tudo isso, procuro estar sempre ligada nesse universo gamer, participando também de competições, encontros e eventos. Participei, por exemplo, de uma Palestra na Game Expo Rio 2019 e também da Game XP de 2018 (com Leandro e Thiago Meritello).

Em conclusão, gostaria de agradecer a Pyre e PSX Brasil por me convidar! Adorei participar! Obrigada, beijos e até a próxima! :]

Siga a Jéssica em seu perfil na Pyre:

Sites:


Compartilhe sua experiência com seus jogos favoritos em uma rede social feita de gamers para gamers – a Pyre! Acesse agora mesmo.