De acordo com o jornalista Walter Bloomberg, fontes do Wall Street Journal reportam que Bobby Kotick, CEO da Activision Blizzard, deixará a companhia após a transação da compra pela Microsoft ser concluída.

Em novembro do ano passado, o Wall Street Journal reportou que Bobby Kotick estava ciente de várias alegações de má conduta sexual na Activision Blizzard, algumas das quais ele supostamente ocultou de seu conselho. Por conta desses escândalos, acreditava-se que ele deixaria o cargo a qualquer momento, mas isso não aconteceu.

Agora, com a Microsoft adquirindo a Activision Blizzard, parece que isso finalmente acontecerá. A conclusão do negócio deve ocorrer no ano fiscal de 2023, ou seja, somente daqui a cerca de 18 meses.