O CEO da Activision Blizzard, Bobby Kotick, foi reeleito para o conselho de administração por mais um ano como resultado da reunião anual de acionistas da empresa. Isso ocorreu apesar dos esforços dos funcionários e acionistas da empresa para expulsar Kotick, que começou em novembro.

A Activision Blizzard também disse que vai “considerar cuidadosamente” se deve prosseguir com um relatório proposto sobre seus esforços para lidar com o suposto assédio no local de trabalho dentro da organização, depois que dois terços dos acionistas presentes votaram a favor da sugestão. Essa votação não foi vinculativa, o que significa que a Activision Blizzard não precisa agir sobre ela. O conselho de administração havia aconselhado os acionistas no mês passado a não aprovar o relatório proposto.

Outros resultados da assembleia de acionistas de ontem incluíram cerca de 88% das ações presentes aprovando a remuneração dos executivos e cerca de 95% votando contra a adição de um representante dos funcionários ao conselho de administração da Activision Blizzard.

No passado, foi dito que Bobby Kotick sabia dos assédios sexuais, segundo o Wall Street Journal. Também tivemos a informação de que quando ocorresse a fusão com a Microsoft, Kotick deixaria seu cargo.