AnálisesPS4

Análise – Wizards Tourney

Análise

NOME: Wizards Tourney
FABRICANTE: a bonfire of souls
PLATAFORMA: ps4
GENERO: Arcade / Party
DISTRIBUIDORA: a bonfire of souls


LANÇAMENTOS
28/06/2019 28/06/2019 Não disponivel


INFORMAÇÕES ADICIONAIS E SUPORTE
Resolução Máxima: 1080p
Nº de Jogadores: 1-4 local
Troféus (inclusive Platina)
Espaço necessário: 224 MB
Legendas em PT-BR: Sim
Dublagem em PT-BR: Não


Quem nunca aproveitou na infância para criar um campeonato de Bomberman em casa? Juntar os amigos e disputar ali mesmo no sofá o campeão em algum jogo competitivo local. Muito desse espírito foi se perdendo à medida que jogos desse estilo foram produzidos em menor número. Wizards Tourney pode não ser uma salvação do gênero, mas com certeza traz uma boa opção para os que sentem falta desse estilo.

Desenvolvido pelo pequeno estúdio espanhol “a bonfire of souls”, Wizards Tourney é um jogo competitivo/arena com multijogador local para até 4 jogadores. A premissa do jogo é simples e tem por base um grande torneio para descobrir o melhor mago de todos. Aqui talvez mora o grande charme do jogo, abraçar várias culturas e misticismos para criar os personagens desse campeonato.

wizards_tourney1

Há um total de 12 magos disponíveis para jogar, sendo que cada um tem um visual único e uma história diferente. Usar de diversas culturas e criar cada um dos magos é um acerto e tanto, principalmente ao apresentar todos como uma imagem positiva. Há, por exemplo, um mago chinês, um feiticeiro vodu, um pajé, um xamã da floresta, um gênio árabe e até uma bruxa com chapéu pontudo e nariz com verruga. Uma pena que a distinção fique apenas no visual e não existem habilidades específicas para cada personagem, o que daria maior profundidade em cada um.

Os magos em si não usam magias nas arenas, mas apenas seguem o que cada desafio propões. O jogo possui um total de 6 arenas com atividades distintas e um modo torneio que faz a mistura dos modos aleatoriamente. As atividades tentam utilizar referências a todo cultura de magia e misticismos, como abóboras enfeitiçadas de Halloween, prismas e raios, levitação de caixas, dragões e outras. Mesmo que cada seja distinta, o objetivo para ser o vencedor é sempre ser o último mago vivo ou acumular mais pontos.

wizards_tourney2

Ainda que divertido, a falta de conteúdo é sentida em poucas horas de jogo. É muito rápido entender o funcionamento e como tirar o melhor de cada arena. Como não há uma aleatoriedade dentro de cada uma, o jogo se torna simples e limitado em questão de horas, mesmo que seja jogado com amigos e não com a IA.

Por falar em inteligência artificial, jogar solo não é o mais indicado em Wizards Tourney. Claramente o jogo é superior quando jogado com amigos, já que ao aproveitar o título apenas com a IA é possível se deparar quase que como um complô contra o jogador. Mesmo que as arenas só possa ter um vencedor, é nítido que as vantagens da IA se supera ao reflexos e comandos do jogador, criando situações onde todos os outros oponentes controlados pelo jogo atuem de forma a impedir o progresso do jogador humano.

wizards_tourney3

Em suma, aproveitar o jogo solo e com a IA é fora de cogitação. Assim como os jogos da linha Playlink da Sony, que priorizam ao extremo o multijogador, Wizards Tourney é um jogo totalmente diferente quando jogado com amigos e talvez só deva ser aproveitado assim. Mesmo que o fator replay seja baixo pela falta de variedade de modos de jogo, a arte e distinção de cada personagem é o que entusiasma o jogador a continuar jogando e testando os diferentes personagens.

wizards_tourney4

Wizards Tourney é realmente um jogo simples mas que ainda sim tem seu charme. Claramente como um daqueles jogos pra quando acontecer alguma festa ou reunião de galera, já que aproveitar o título apenas solo, valeria no máximo pra conseguir mais um troféu de platina.

Veredito

Com uma proposta simples para um jogo competitivo local, Wizards Tourney cativa mais pela arte e uso de várias culturas na criação de seus personagens e na diversão para quando jogado com amigos. Infelizmente é um jogo que não se pode aproveitar solo e carece de mais variedade de conteúdo e novos modos de jogo. Entretanto, é escolha certa para diversão junto com amigos e festas.

Jogo analisado no PS4 Pro com código fornecido pela “a bonfire of souls”.

70%