AnálisesPS4

Análise – Sword and Fairy 6

Análise

NOME: Sword & Fairy 6
FABRICANTE: Softstar Entertainment Inc.
PLATAFORMA: ps4
GENERO: RPG
DISTRIBUIDORA: eastasiasoft


LANÇAMENTOS
02/04/2019 02/04/2019 Não disponivel


INFORMAÇÕES ADICIONAIS E SUPORTE
Resolução Máxima: 1080p
Nº de Jogadores: 1
Troféus (inclusive platina)
Espaço Necessário: 20,26 GB
Dublagem PT-BR: Não
Legendas PT-BR: Não


Desde o anúncio que a Sony estaria investindo em mais desenvolvedoras chinesas com o objetivo não só de abrir o mercado chinês para o PlayStation 4 como de dar maior visibilidade internacional ao jogos ali desenvolvidos através China Hero Project, a expectativa era ver um mercado pouco conhecido aqui no Ocidente receber mais atenção e, com sorte, isso acontecer através de bons jogos.

Sword and Fairy 6, novo jogo publicado pela eastasiasoft e port de um jogo lançado há alguns atrás para PC, infelizmente não é um exemplo de um bom jogo que vai chamar mais atenção para desenvolvedores chineses. Parte de uma longa franquia que nunca havia tido qualquer lançamento no ocidente, S&F6 tem muitas das ideias que alguém esperaria de um bom RPG oriental, mas uma execução ruim.

Sword and Fairy 6

Hoje começa com uma das transições mais chocantes possíveis: a animação inicial é muito bonita e estabelece um plot interessante e que lembra bastante alguns dramas históricos chineses, isso é, considerando que você consiga entender o que as legendas cheias de erros querem dizer, mas ela logo dá lugar a um jogo que mais parece uma remasterização em HD de um jogo lançado no começo da vida do PlayStation 2.

Os gráficos seriam aceitáveis se com eles não viessem uma barragem de problemas técnicos que tornam o jogo basicamente injogável. O jogo mal roda a 15 ou 20 frames por segundo (e se você desconsiderar que o jogo constante sofre com slowdowns terríveis quando o jogador muda de área ou comete o erro de entrar em batalha), mesmo se passando basicamente só em ambientes bem pequenos e muito raramente tendo mais do que 5 ou 6 personagens na tela ao mesmo tempo.

Sword and Fairy 6

Esses defeitos técnicos acabam criando sérios problemas até mesmo nas coisas que S&F6 faz bem. A história é surpreendentemente boa, colocando o jogador no papel de um grupo de heróis tentando parar um culto religioso que tem causado sérios problemas ao redor de todo o mundo, extorquindo a população e usando pessoas como sacrifícios em seus planos diabólicos.

A história é contada com mais algumas belas cenas em 2D, mas, no geral, é quase toda com cenas in-game mesmo, dubladas em mandarim e com legendas em inglês (que possuem diversos erros de digitação e frases que não fazem muito sentido). A maior parte dessas cenas são bastante longas e se o jogador estiver um pouco mais cansado, o tédio provavelmente vai acabar tomando conta.

Sword and Fairy 6

Ainda assim, o plot geral e a sua ambientação são bem interessantes e isso leva o jogador a locais bem diversos, com várias cidades em que é possível constantemente comprar novos e mais poderosos equipamentos, realizar missões secundárias para os NPCs das cidades e explorar masmorras com alguns desafios bem interessantes que usam as habilidades especiais de cada um dos membros da equipe. Infelizmente, como tudo que funciona bem no jogo vem com algo ainda pior acompanhando, existem algumas sessões de plataforma que são das piores já concebidas na história dos videogames.

A exploração é bem direta e, considerando a quantidade de problemas técnicos que o jogo possui, isso acaba sendo até melhor por minimizar o potencial para ainda mais dores de cabeça. Mantendo-se em linha com o que o jogador pode esperar de RPGs desse estilo, existem até mesmo alguns minigames que também são, na melhor das hipóteses, dispensáveis, já que são tão ruins mecanicamente que é quase impossível se divertir com eles.

Sword and Fairy 6

O jogador pode tentar se divertir um pouco mais com o combate, mas isso também não será muito fácil. Em teoria, Sword & Fairy 6 se inspira em bons jogos com o mesmo sistema de combate por turnos. O jogador controla um dos três membros da equipe, com os demais ficando sob ordens da inteligência artificial, mas sendo possível dar indicações de em que eles devem focar (causar dano, curar, buffs, etc). A IA faz um trabalho até muito bom dentro das claras limitações técnicas que o jogo possui, sendo possível confiar nela para executar as ações necessárias.

Por sua vez, no comando do personagem ativo é possível selecionar uma série de comandos que serão realizados quando a barra de ação terminar de carregar, com cada ação ocupando uma determinada quantidade de espaços na barra. É impossível olhar pra ele e não lembrar de como o combate funcionava em Final Fantasy XIII, com o grave problema de que o framerate fica ainda pior aqui e, para completar, o jogo tem o hábito de não reconhecer os seus comandos.

Sword and Fairy 6

Outro ponto em que S&F6 parece se inspirar em FFXIII é na evolução dos personagens. Não existe um sistema de níveis com progressão comum aqui, ao contrário, o jogador vai ganhando “Souls” a medida que mata mais inimigos e, através delas, vai desbloqueando slots em um mapa astral único para cada um deles e assim vai ganhando diferentes melhorias para cada um dos personagens. É um sistema que se bem implantado pode funcionar bem, o grande problema é que o jogo o explica tão mal que é quase impossível se sentir satisfeito com o crescimento da sua equipe.

Infelizmente, nada disso é suficiente para salvar a péssima experiência que Sword & Fairy 6 oferece. O jogo trava constantemente, glitches em que a imagem some, o jogador acessa áreas que não deveria ou até mesmo linhas de código aparecendo são comuns, o framerate em momento algum demonstra o mínimo de estabilidade, por mais que os visuais sejam feios, a falta de um sistema de auto-save é bizarra, a câmera não funciona e tudo no jogo parece estar se movendo da forma mais lenta e dolorosa possível.

Esse mar de problemas acaba afogando toda e qualquer chance que o jogo teria de ser recomendável. Existem algumas boas ideias na história que poderiam ressoar melhor com outros jogadores, a ambientação é muito interessante e a trilha sonora é surpreendentemente um ponto alto do jogo (por mais que a dublagem e a qualidade do áudio sejam bem fracas). Mas Sword & Fairy 6 parece um jogo inacabado, que foi portado pra PS4 as pressas e sem o menor cuidado, tornando injustificável o esforço necessário para jogá-lo.

Sword and Fairy 6

Veredito

Sword & Fairy 6 é um jogo com boas ideias e inspirações que poderiam ter resultado em um bom jogo, mas a absurda quantidade de problemas técnicos, notoriamente seu terrível framerate e todo tipo de bug possível, fazem com que o jogo seja muito difícil de se recomendar.

Jogo analisado com cópia digital fornecido pela eastasiasoft.

35%