A Take-Two Interactive havia tentado adquirir a Codemasters, avaliando-a em US$ 980 milhões, mas foi superada posteriormente pela EA, que concordou em um aumento na oferta para US$ 1,2 bilhão. O conselho da Codemasters retirou então sua recomendação para a oferta da Take-Two.

Hoje, a Take-Two disse que, com o consentimento de seu conselho de diretores, agora removeu sua oferta para a Codemasters.

A ação da empresa é possível devido a uma cláusula que dizia que ela poderia retirar sua oferta caso a Codemasters não realizasse uma Assembleia de Acionistas relacionada à potencial aquisição em ou antes de 12 de janeiro.

Após a primeira notícia da oferta aceita pela EA em dezembro, a Take-Two disse que estava considerando suas opções.

Portanto, a empresa não afirmou explicitamente que não retornaria com um aumento na oferta pela Codemasters, mas sua declaração parecia sugerir que agora estava considerando outros alvos de aquisição.

“A Take-Two continua sendo uma organização altamente disciplinada e, com seu forte balanço, continuará a buscar oportunidades seletivamente orgânicas e inorgânicas que são projetadas para melhorar o crescimento de longo prazo da Take-Two e entregar resultados aos seus acionistas”, disse a companhia em um pronunciamento.