O diretor de Abandoned, Hasan Kahraman, foi entrevistado pelo site IGN. Apesar de boa parte da entrevista comentar coisas que já sabíamos, como o fato de que Abandoned não foi cancelado, há algumas novidades.

Sobre os tweets deletados, Kahraman pensou que se os apagasse e fizesse novos com informações mais relevantes, seria o ideal. Ele aprendeu a lição de que não é o caso.

Kahraman também disse que o Prólogo ainda está planejado para 2022 e explicou um pouco mais. Ele deixou claro que será um jogo pago e independente, não apenas uma demo. Ele virá com um conjunto completo de troféus PlayStation, incluindo um troféu de Platina – e está sendo feito para ajudar a financiar o jogo principal.

“O prólogo não é uma demo. As pessoas continuam dizendo que é uma demo. Não é uma demo. Na verdade, é um jogo autônomo, certo? Tem um preço. É um preço baixo porque provavelmente é cerca de uma hora, duas horas de jogo. Mas sim, é um preço razoável. Não é tanto assim. Mas a receita coletada do Prólogo será usada para financiar o desenvolvimento de Abandoned, certo? Então, na verdade, estamos autofinanciando o jogo com a receita coletada do Prólogo, é por isso que queremos lançar o prólogo primeiro”, disse Kahraman.

Kahraman explicou mais sobre o que o Prólogo será como um produto jogável: “não é um acesso antecipado, mas é mais como uma… Na verdade, é mais como uma oportunidade para os jogadores serem apresentados à história do jogo, à jogabilidade, porque é diferente. É a nossa versão de dizer, ‘isto é o que acreditamos como um shooter de sobrevivência realista deve ser’. Na verdade, é uma boa maneira de mostrar o visual do jogo. Não afirmo ser um desenvolvedor AAA, mas o que fazemos é gastar tempo para garantir que o ambiente pareça realista e que realmente… Com o poder da Unreal Engine 5, que podemos realmente entregar algo próximo da vida real, da coisa real, certo?”.

Juntamente com o prólogo, Kahraman disse que a equipe planeja adicionar novos conteúdos para o aplicativo de experiência em tempo real de Abandoned ao longo de 2022 e que, “algum tempo após o prólogo, começaremos a lançar, pouco a pouco, mais imagens, mais trailers do jogo base”.

Sobre o desenvolvimento em si, Kahraman disse:

“A razão pela qual as pessoas ainda não viram nada do jogo, qualquer desenvolvimento do jogo ainda, é porque simplesmente, e para descrevê-lo em uma palavra, é que estou com medo. Não vou mentir. O motivo pelo qual estou com medo é porque é um trabalho pessoal. É algo pessoal. Não estou trabalhando para a Ubisoft. Não estou trabalhando para uma editora AAA que me diz o que fazer, que basicamente me diz qual jogo devo fazer. É algo pessoal. E o progresso do desenvolvimento, nem todos podem entender porque os jogadores não vêem, não entendem o que ‘em desenvolvimento’ significa. Os jogadores não se importam com isso.

Os jogadores só se importam com o que estão vendo naquele momento. E eu estou entre essas duas escolhas onde eu […] decido realmente mostrar algum desenvolvimento [agora], o progresso, para compartilhar com o mundo o progresso do desenvolvimento de Abandoned – e entre a escolha de se devo esperar apenas para fazer uma revelação adequada. Ainda estou entre as escolhas porque se eu fizer o primeiro cenário, tenho medo de que as pessoas possam dizer… É apenas assustador. Isso é basicamente o que estou tentando dizer. Estou confuso se eventualmente mostrar imagens de desenvolvimento do jogo, que é uma questão de apresentação de como você o apresenta ao mundo. E é aí que estou olhando agora. Se eu for capaz de apresentá-lo de uma maneira boa, então eu posso colocá-lo no Twitter, sim”.