PUBLICIDADE

A série de TV de The Last of Us da HBO não entrará em produção até que a Naughty Dog tenha finalizado o desenvolvimento de The Last of Us Part II.

Craig Mazin revelou isso no episódio mais recente de seu podcast semanal Scriptnotes, sendo que ele é o co-roteirista da adaptação. A produção não começará até que o diretor criativo de The Last of Us (e o outro co-roteirista) Neil Druckmann seja liberado de suas funções na sequência do jogo. “Não podemos começar imediatamente, porque eles ainda estão terminando o segundo jogo, mas será logo”, disse Mazin. “Estamos conversando sobre isso há meses e elaborando pequenos planos e outras coisas. Mas vamos descobrir tudo em breve, assim que eles concluírem seu trabalho final na sequência. Então espero que notícias mais emocionantes cheguem nessa frente, porque é algo que nós dois estamos motivados a ver na TV”.

Mazin também revelou que ele foi apresentado a Druckmann através de um amigo em comum, Shannon Woodward, que é Elsie Hughes no programa de TV da HBO Westworld. Mazin também falou sobre como ele insistia que The Last of Us fosse transformado em um programa de TV em vez de um filme, no qual ele estava sendo transformado anteriormente.

“Seria um filme por um longo tempo. Neil estava trabalhando nele como um filme para uma das divisões da Sony, e meu sentimento era que você não pode fazer um filme dessa coisa, tem que ser uma série, precisa de comprimento”, disse Mazin. “É sobre o desenvolvimento de um relacionamento ao longo de uma jornada, então deve ser um programa de televisão e é isso. É assim que eu vejo. Felizmente, Neil concordou e a HBO ficou encantada, e aqui estamos nós”.

PUBLICIDADE

Após o anúncio da série de TV de The Last of Us na semana passada, Mazin respondeu a uma pergunta de um fã no Twitter, prometendo que a personagem principal Ellie ainda seria gay, assim como nos jogos.