A PlatinumGames lançou Astral Chain para o Nintendo Switch no ano passado e o título foi bastante elogiado por sua ação e combate estilizados. Na época, o desenvolvedor da PlatinumGames, Kamiya Hideki, sugeriu que isso seria improvável, mas hoje o diretor do estúdio Atsushi Inaba parecia um pouco mais otimista sobre a perspectiva, apesar de admitir que a Nintendo possui 50% dos direitos e a decisão final é deles.

Ao falar com o site Video Games Chronicle, Inaba disse:

“No caso da Astral Chain, é uma IP que pertence metade à Platinum e metade à Nintendo. Então, o jogo acabou de sair e é muito cedo para dizer. Por enquanto, estamos apenas esperando que seja um sucesso para o Nintendo Switch e veremos como isso acontece a partir daí.

Em última análise, a decisão é da Nintendo, não nossa. Eles possuem os direitos de publicação de Astral Chain, então, na verdade, não temos voz a esse respeito. Consideramos The Wonderful 101 um caso exclusivo”.

Por fim, vale destacar que a campanha no Kickstarter de The Wonderful 101: Remastered já atingiu a meta necessária para a versão de PlayStation 4 (que era de 500 mil dólares).