Ontem reportamos o desabafo do desenvolvedor Iain Garner, do jogo Neon Doctrine, que fez duras acusações sobre como a divisão PlayStation vem tratando o mercado indie e principalmente a exibição de seus jogos para venda na PlayStation Store.

Após o evento, o site Kotaku procurou outros desenvolvedores indies para entender se o processo é comum ou se tratava de algum caso isolado. Acontece que todos fizeram queixas de como a Sony anda tratando o mercado indie e da total falta de comunicação com esses desenvolvedores.

Diversos desenvolvedores reclamaram da falta de transparência e de um canal claro de comunicação da Sony, assim como também os diversos problemas com inclusão de títulos em ofertas e sessões específicas de jogos na loja.

Um desenvolvedor, de forma anônima, disse: “Ah, sim, então existe a Nintendo que apoia você, a Microsoft que dá suporte a você e há a Sony que dá suporte a sua própria máquina AAA e dá a mínima para todo o resto.” Outro desenvolvedor afirma que a Sony não entende o mercado indie e que só vê isso como minúscula parte no mercado milionário de jogos.

Num consenso geral, todos reclamam da forma como a Sony trata os indies para os períodos de ofertas. Apenas entram nas ofertas da PS Store aqueles desenvolvedores convidados e após uma oferta de desconto aplicada, que pode ser negociada com o desenvolvedor em uma certa margem. Inclusive, há relatos de desenvolvedores que se recusam a participar e não são convidados novamente.

Outra reclamação comum é a disposição dos títulos e áreas dedicadas na PS Store para os jogos, sendo que é um processo complicado para o usuário achar algum título específico ou receber de forma clara os jogos mais recentes. Alguns desenvolvedores comentam que, mesmo procurando pelo nome dos títulos, não conseguem chegar satisfatoriamente no resultado que busca de forma simples.

Um desenvolvedor comenta que “nenhuma plataforma é ótima, mas a Sony é particularmente terrível”. Complementa dizendo que “eles também sabem disso – eles têm um problema há muito tempo e dizem aos desenvolvedores que eles têm um problema, mas eles simplesmente nunca consertaram nada, então o problema [de visibilidade] persiste”.

Em comparação com outras plataformas, a maioria desses desenvolvedores elogiam as facilidades de uso na loja da Nintendo, onde é possível controlar suas próprias ofertas e há boa visibilidade em diversas sessões, mesmo sem precisar pagar por destaque. Além disso, a comunicação com a Microsoft foi elogiada como sendo uma de acesso fácil, diferente da Sony, onde os desenvolvedores sequer tem um canal específico para contato nesses casos.

Apesar de tudo, mesmo com demais plataformas, os desenvolvedores indies possuem pequenos problemas aqui e ali, mas conseguem ter uma melhor comunicação para resolver isso, o que não é o caso com a PlayStation. Muitos reportam que não há campanha de marketing suficiente para fazer seu título ter sucesso na PS Store, já que os problemas recorrentes da plataforma impedem seus títulos de ficarem visíveis aos consumidores.