O fundador da Polyphony Digital, Kazunori Yamauchi, revelou que está planejando continuar trabalhando na série Gran Turismo no futuro, além de Gran Turismo 7 previsto para 2022.

O comentário veio em uma entrevista entre Yamauchi e Masayuki Chatani, o diretor digital do braço japonês da firma de contabilidade internacional KPMG e CEO da KPMG Ignition Tokyo (via GT Planet). O próprio Chatani foi diretor técnico da Sony Computer Entertainment e esteve fortemente envolvido no desenvolvimento do PlayStation 3 durante 14 anos na Sony.

Os dois conversam na verdade sobre como a tecnologia aprimora a humanidade e a sociedade, e como pode continuar a fazer isso no futuro, abordando o que eles chamam de “gêmeo digital” – onde um ambiente virtual replica o mundo real.

Com tópicos que vão da evolução humana à ficção científica, redes 5G e veículos autônomos, a entrevista – postada no blog “Insights” da KPMG – aborda o futuro de Gran Turismo próximo ao final do artigo.

Chatani pergunta a Yamauchi o que ele imagina que os próximos 50 anos trarão, e a resposta de Yamauchi abrange não apenas Gran Turismo, mas outros projetos possíveis:

“Bem, pretendo continuar o Gran Turismo daqui para a frente, que estará no mesmo barco que a cultura automóvel e a indústria automóvel. Ao mesmo tempo, gostaria de fazer algo diferente.

Acho que uma das missões dos videogames é realizar gêmeos digitais conectando os mundos real e digital. Por outro lado, também penso que “a realidade que pode ser sentida pelo ser humano não necessariamente pode ser sentida a partir de algo real”, e pretendo enfrentar esta questão com certeza.

Gostaria de enfrentar o desafio de criar um mundo onde as pessoas sintam mais a realidade do que a própria realidade, seja através do Gran Turismo ou não.”