O chefe da Sony Interactive Entertainment, Jim Ryan, disse que está frustrado com a forma como os jogos originais de PlayStation são “fechados” para seu público-modelo de console atual de dezenas de milhões de jogadores.

Falando em uma palestra durante o GI Live: London (via VGC), o chefe da PlayStation disse que aspirava atingir centenas de milhões de jogadores e competir com o alcance de filmes e música.

“Espero que o PlayStation 5 (e realmente acredito nisso) seja o maior, melhor e mais amado PlayStation da Sony até agora. Espero que isso aconteça”, disse Ryan quando questionado sobre suas esperanças para o futuro.

“Também gostaria de ver um mundo onde os jogos que criamos para PlayStation possam ser desfrutados por dezenas de milhões de pessoas. Talvez centenas de milhões de pessoas. No momento, sucesso com o modelo de console atual, um grande sucesso do PlayStation, você está falando de 10 ou 20 milhões de pessoas sendo capazes de jogar esse jogo”.

Ele continuou: “estamos falando sobre jogos comparados com a música, estamos falando sobre jogos comparados com os filmes. Música e filmes podem ser apreciados por um público quase ilimitado. E eu acho que algumas das artes que nossos estúdios estão fazendo são alguns dos melhores entretenimentos já feitos em qualquer lugar do mundo”.

“E meio que proteger o público para a arte maravilhosa, o entretenimento maravilhoso que nossos estúdios estão fazendo… bloquear o público para isso em 20 ou 30 milhões me frustra. Eu adoraria ver um mundo onde centenas de milhões de pessoas pudessem desfrutar desses jogos”.

Caso tenha perdido, nesse mesmo evento tivemos uma palestra de Jade Raymond, que falou sobre seu jogo na Haven Studios para PlayStation.