O canal do YouTube Kaptain Kupa entrevistou o novo diretor de God of War: Ragnarok, Eric Williams, assim como Cory Barlog, atual produtor e ex-diretor da série.

O vídeo não contém muitas informações novas, mas há alguns pontos interessantes:

  • Foi decisão de Cory Barlog encerrar a saga nórdica após dois jogos. Uma das razões mais importantes foi que o primeiro jogo demorou 5 anos para ser feito e o segundo teve um tempo similar. Se um terceiro jogo nórdico também levasse cerca de 5 anos, seria aproximadamente 15 anos para cobrir uma única história que é algo simplesmente muito longo;
  • Após o lançamento do jogo em 2018, eles tinham 2 a 3 meses para que todos no estúdio apresentassem ideias para a sequência. Um dos focos foram as Blades of Chaos, já que elas estavam no jogo de 2018 pela metade do jogo, o que resultou no agarrar, puxar em cadeia e bater em inimigos que estão no meio do ar no chão. O trenó puxado por cães é resultado de um desenvolvedor que acabou de usar o trenó puxado por cães.
  • A equipe sabia que o jogo de 2018 carecia de variedade de inimigos, mas em um ponto você simplesmente tem que encerrar o jogo. Alguns inimigos de 2018 retornarão neste jogo, e alguns deles de novas formas.
  • Eric diz que acha que as pessoas ficarão muito impressionadas quando virem o elenco final de NPCs, personagens da história e inimigos.

God of War: Ragnarok será lançado em 2022 para PS4 e PS5.