De acordo com o site Bloomberg, a Sony continuará produzindo consoles PS4 ao longo de 2022, enquanto enfrenta interrupções na cadeia de suprimentos global que limitou a produção de seu console mais caro, o PS5.

A companhia, cujo PS5 está em falta desde sua estreia em novembro de 2020, disse a parceiros de montagem no final do ano passado que continuaria fabricando sua máquina de geração anterior até neste ano, segundo pessoas familiarizadas com o assunto. Embora a Sony nunca tenha anunciado oficialmente quando deixaria de fabricar o PS4, ela havia planejado interromper a montagem no final de 2021, disseram eles, pedindo para não serem identificados, pois os planos não são públicos.

A estratégia adicionaria cerca de 1 milhão de unidades PS4 neste ano para ajudar a compensar parte da pressão sobre a produção de PS5 da empresa, um número que será ajustado em resposta à demanda, disseram as pessoas. O console mais antigo usa chips menos avançados, é mais simples de fazer e oferece uma alternativa econômica ao PS5.

Aumentar os pedidos de produção adicionando o PS4 mais barato de fabricar também daria à Sony mais margem de manobra ao negociar com parceiros de fabricação para um acordo melhor, disseram as fontes do Bloomberg.

Um porta-voz da Sony confirmou que a produção do PS4 continuaria neste ano e disse que a empresa não planejava parar de fabricar o console. “É um dos consoles mais vendidos de todos os tempos e sempre há cruzamento entre gerações”, disse a empresa.

A ambição da Sony com o PlayStation 5 era fazer uma transição rápida para o hardware mais recente, disse o chefe da PlayStation, Jim Ryan. Mas a pandemia do coronavírus desacelerou o desenvolvimento de software em toda a indústria de jogos, ao mesmo tempo em que desencadeou um aumento na demanda de hardware que tornou escassos até os componentes mais básicos. O resultado foi um console difícil de encontrar e sem um portfólio forte de jogos obrigatórios.