AnálisesPS4

Análise – Steins;Gate Elite

Análise

NOME: Steins;Gate Elite
FABRICANTE: 5pb
PLATAFORMA: ps4
GENERO: Visual Novel
DISTRIBUIDORA: Spike Chunsoft


LANÇAMENTOS
19/02/2019 19/02/2019 20/09/2018


INFORMAÇÕES ADICIONAIS E SUPORTE
Resolução Máxima: 1080p
Troféus (inclusive Platina)
Nº de Jogadores: 1
Espaço Necessário: 18.19 GB
Dublagem PT-BR: Não
Legendas PT-BR: Não


Steins;Gate Elite é uma nova empreitada da 5pb para introduzir Steins;Gate, sua franquia mais conhecida, a uma nova geração de jogadores que talvez não tenham dado uma chance à versão original nas gerações passadas e para aqueles que acham que visual novels sejam jogos muito parados e estáticos.

Como o jogo continua o mesmo, tirando as mudanças em sua apresentação e outras alterações pontuais à história, continua valendo a maioria do relatado na nossa análise da versão de PlayStation Vita lá em 2015. Agora, vamos às mudanças dessa versão e se elas melhoraram ou não a experiência do jogador.

A primeira e maior mudança da versão Elite em comparação ao lançamento original é a apresentação. O jogo original conta com a arte do ilustrador huke, com um traço bastante característico do artista e que é reconhecido até hoje em outros jogos da série, enquanto Elite aproveita todo o material criado para a adaptação em anime do jogo, assim como encomendando cenas então inéditas para quem viu o anime, para então utilizar na apresentação do jogo.

Assim, temos um jogo com uma cara nova, usando cenas do anime ao invés de imagens estáticas durante a história. O jogo perde um pouco do charme com essa mudança, porque a direção de arte do anime não seguiu fielmente a arte do jogo original, adotando um traço mais genérico e menos polido, fazendo com que essa transição de volta para o jogo acabe piorando a apresentação.

Para quem não está acostumado com o gênero, talvez assistir pedaços do anime em transição ao invés de imagens estáticas seja um pouco mais palatável, mas em comparação direta com o lançamento original, numa geração que a gente espera que relançamentos superem seus marcos iniciais, Elite abandona um dos maiores atrativos do passado.

Outro ponto a se ressaltar na versão Elite é que a versão original contava com diversas rotas e mais de 30 horas de jogo, enquanto a adaptação em anime, uma versão mais enxuta e breve, de apenas 24 episódios de pouco mais de 20 minutos cada, não recontou cena por cena do jogo.

Ainda que a 5pb tenha encomendado material adicional para complementar ao conteúdo disponível, algumas cenas foram omitidas de Elite, inclusive a introdução de um personagem que aparece bastante em outros jogos da série, inclusive em Steins;Gate Linear Bounded Phenogram, nosso ponto a ser discutido em seguida.

Com o lançamento ocidental de Elite, a Spike Chunsoft, empresa responsável pelo lançamento fora do Japão, resolveu oferecer de bônus o Steins;Gate Linear Bounded Phenogram, outra visual novel da série que conta capítulos isolados do jogo, sob o ponto de vista de cada personagem, de uma linha do tempo diferente do jogo principal.

Acontece que Linear Bounded Phenogram, apesar de ser oferecido como bônus, é um jogo completo. Foi lançado no Japão originalmente em 2013, é um jogo fechado de mais de 30 horas de duração. Engana-se aquele que pensa que é um mero bônus, porque comprando a versão de PS4 de Elite no Ocidente, você está comprando dois jogos pelo preço de um.

Linear Bounded Phenogram é dividido em onze capítulos, cada um contado pelo ponto de vista de um personagem diferente, em pontos específicos tanto na história do jogo como também em linhas do tempo distintas. Pela natureza de viagem do tempo e mudanças constantes na história do mundo, todas essas linhas do tempo são válidas no universo do jogo.

Assim como Elite, Linear Bounded Phenogram tem duração de mais de 30 horas de jogo e talvez seja o verdadeiro atrativo para aqueles que já jogaram a versão original ou assistiram sua adaptação em anime. É a primeira vez que esse jogo chega ao Ocidente e a empresa responsável não tem planos de vendê-lo separadamente. Talvez para isso, a 5pb teria de lançá-lo novamente, já que esse bônus oferecido com Elite é um download separado e não possui suporte a troféus.

No final do dia, Steins;Gate Elite é um jogo com um público alvo específico: aqueles que não jogaram a versão original lançada há alguns anos no Ocidente. Com ele, é oferecido um bônus com outro público alvo: quem provavelmente terminou essa versão original e agora quer conteúdo inédito desse universo.

Pelo preço cheio, você tem que fazer várias ponderações para saber se vale a pena. São dois jogos com mais de 30 horas de duração cada, porém Elite é uma versão que pode ser considerada um downgrade para a maioria do público, enquanto o jogo que talvez seja o grande astro do combo não pode ser adquirido separadamente senão comprando Elite.

Veredito

Steins;Gate Elite é uma nova versão de um dos maiores nomes do gênero. Para um relançamento que aparentemente deu meio passo para frente e dois passos para trás, continua sendo um ótimo jogo com uma história surpreendente e imperdível.

Jogo analisado com código fornecido pela Spike Chunsoft.

80%