AnálisesDLCPS4

Análise – Shadow of the Tomb Raider – The Pillar

Análise

NOME: Shadow of the Tomb Raider - The Pillar
FABRICANTE: Eidos Montréal / Crystal Dynamics
PLATAFORMA: ps4
GENERO: Ação / Aventura
DISTRIBUIDORA: Square Enix


LANÇAMENTOS
18/12/2018 18/12/2018 18/12/2018


INFORMAÇÕES ADICIONAIS E SUPORTE
Resolução Máxima: 1080p (PS4) / 2160p (PS4 Pro)
Nº de Jogadores: 1
Troféus
Leaderboards
Espaço necessário: 3,74 MB
Legendas em PT-BR: Sim
Dublagem em PT-BR: Sim


Shadow of the Tomb Raider possui um Season Pass com 7 tumbas previstas, assim como 7 armas, 7 roupas e 7 habilidades. O DLC The Forge, lançado em novembro, não causou uma boa impressão, apesar do cooperativo ter sido interessante. Em dezembro, recebemos o DLC The Pillar. Apesar de ser melhor que o anterior, ainda não é exatamente muito bom.

A primeira coisa que precisa ser dita é que The Pillar não possui opção de ser jogado no cooperativo online. Isso, por si só, já é um ponto bastante negativo. Desconsiderando esse ponto, o DLC é exatamente igual ao seu anterior em estrutura. Ou seja, temos uma missão na história relacionada à tumba e desafios por tempo e por pontuação no menu in-game.

Shadow of the Tomb Raider - The Pillar

A missão, apesar do local no mapa ser um tanto quanto confuso, é relativamente simples. Converse com o NPC, receba a missão (que é adquirir um escudo especial) e parta para a tumba. Depois de completar a tumba, a história ainda conta com uma seção de combate – algo positivo. Converse com o NPC novamente e receba as recompensas que o DLC promete (roupa e arma, sendo que a habilidade você ganha quando termina a tumba).

Algo que precisa ser dito, infelizmente, é que a história acontece como se fosse no meio do jogo. Ou seja, passa aquela infeliz impressão de que é um conteúdo cortado e vendido via DLC. Você notará isso na hora do combate do DLC, caso tenha terminado o game.

Shadow of the Tomb Raider - The Pillar

A tumba, no entanto, é o destaque e merece muitos elogios. Os gráficos são impressionantes e possivelmente um dos melhores de todo o jogo. Por termos uma tempestade em andamento, há muita coisa que acontece na tela e passa uma sensação de realismo muito forte.

O vento da tempestade, apesar de ser bem no estilo “videogame” (espere o momento certo para passar), é uma mecânica nova interessante. Gostei tanto da tumba que, ao terminá-la, já fiz os desafios de tempo e de pontos (pegar as esferas coloridas em sequência) em seguida (o nosso guia de troféus foi atualizado, inclusive).

Veredito

The Pillar apresenta uma tumba interessante e com gráficos muito bonitos. No entanto, o enredo é péssimo e a ausência do cooperativo online é notável.

DLC analisada com código fornecido pela Square Enix.

60%