Uncharted: Legacy of Thieves Collection – Review

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

The Last of Us talvez seja a série que, hoje, define melhor a qualidade da desenvolvedora Naughty Dog. De toda forma, o lançamento do primeiro Uncharted, e eventualmente suas sequências de sucesso, já mostrava uma grande riqueza na construção de jogos e foco extremo nos detalhes. Uncharted 4 talvez tenha sido o ápice da franquia em diversos pontos, mesmo que não em todos e com alguns jogadores ainda torcendo o nariz para o jogo, e agora há a possibilidade de aproveitar tanto ele quanto Uncharted: The Lost Legacy da melhor maneira possível.

Uncharted: Coleção Legado dos Ladrões é o pacote com as edições definitivas de Uncharted 4: A Thief’s end e Uncharted: The Lost Legacy como versões nativas para o PS5, com todas as melhorias técnicas possíveis no console. A versão remasterizada entrega as duas campanhas principais apenas, sem nenhuma outra novidade ou modo multiplayer. Sendo assim, não espere nada de impacto em novidade caso já tenha jogado antes.

Antes de entrarmos em detalhes da parte técnica, vale ressaltar que os jogos são os mesmos, sem qualquer mudança ou correções para problemas que foram questionados no lançamento e ainda trazer um gosto amargo para os jogadores, como as longas sessões de veículos ou excesso de plataformas e oscilações de ritmo na construção do jogo. Se você tem o intuito de rejogar, já saiba de antemão que são os mesmos jogos com uma excelente pincelada técnica, mas sem mudar o que existia antes.

Uncharted 4: A Thief's End

O principal ponto aqui é entregar mais opções agora no PS5, principalmente quando comparado ao que faltava de opções técnicas no PS4. Ambos os títulos já possuíam uma entrega visual muito acima do padrão para a época, o que só ressalta o trabalho magistral da Naughty Dog nesse aspecto. Apesar disso, espere melhoria nas texturas e iluminação, reflexos e sombras (adendo aqui para esses efeitos acontecendo em tempo real próximo a água se movimento, como sombras surgindo numa cachoeira e se movimentando conforme a água cai), assim como o já tradicional incremento em resolução e mais opções com taxa de quadros elevada para os dois títulos.

Temos agora 3 opções para melhor aproveitar ambos os jogos, sendo uma versão com resolução 4K nativa e 30fps, outra com resolução menor/dinâmica a 60fps e uma última entregando até 120 quadros por segundo mas mantendo o jogo a 1080p. Em suma, as grandes mudanças para a Coleção Legado dos Ladrões se resumem a isso.

Apesar de parecer pouco para justificar uma remasterização dos títulos, há pontos importantes que precisamos ressaltar aqui. Acredite, rejogar ambos os jogos a 60fps, ou ainda em 120 para os que tiverem uma tela compatível, é quase outra experiência. Se você já está no PS5 há algum tempo e vem aproveitando jogos somente com fps em 60, é quase impossível voltar para 30 hoje em dia. A fluidez de movimentos é muito mais notável do que um aumento ou redução da resolução nos jogos. Em ambos os Uncharteds aqui a opção para jogar com mais fps é extremamente bem vinda, melhorando os diversos momentos do jogo, seja no combate, plataforma e até mesmo nas cutscenes e cenas de impacto.

Por exemplo, a famosa cena de perseguição em King’s Bay de Uncharted 4 acontece deixando à mostra tantos detalhes não observados antes e foi quase como se fosse pela primeira vez que tivesse jogado.

Ambos os jogos já valeriam uma rejogada por qualquer fã, além de serem títulos obrigatórios para os que nunca puderam aproveitar as histórias de Nathan Drake e Chloe Frazer no PS4. Com as versões aprimoradas para PS5, essas se tornam as edições definitivas dos títulos e um bom adicional para a série, da mesma forma como aconteceu com a inclusão de Uncharted: The Nathan Drake Collection.

Uncharted: The Lost Legacy

Acredito que ambos jogos careciam sim de opções assim e o remaster não falha em entregar a melhor opção, mas fica aqui o questionamento sobre o modelo de negócio da Sony quanto a isso. Comentei o mesmo na análise de Ghost of Tsushima; Director’s Cut e fica mais evidente aqui. Com diversas empresas liberando versões nativas de seus jogos nos novos consoles e sem cobrar por isso, a Sony claramente poderia fazer o mesmo para aqueles que já adquiriram os títulos antes e que venderam milhões de cópias, fora do plano da PS Plus, e ignorar até mesmo o pagamento da taxa atual para o upgrade. Pelo que entregam em quantidade de conteúdo, a atualização gratuita seria um agrado mais do que bem vindo aos jogadores.

Apesar disso e pensando que o lançamento da coleção serviria mais como material de marketing para o filme Uncharted – Fora do Mapa que logo chega nos cinemas, há um misto de sensações aqui que tanto indicam bem o recebimento das novas versões dos jogos, mas também reforça que a estratégia da Sony não pensa tanto assim nos consumidores que pouco vão se sentir recompensados por terem investido tanto no passado. De toda forma, ignorando toda essa estratégia por parte da empresa e pensando nas melhorias entregues no pacote com os dois jogos, Uncharted: Coleção Legado dos Ladrões é essencial para fãs e jogadores de primeira viagem nesses jogos.

Jogo analisado no PS5 com código fornecido pela Sony Interactive Entertainment.

Veredito

Ainda que o conteúdo como um todo sugira poucas novidades e a estratégia da Sony quanto a não distribuição de versões nativas gratuitas para jogadores que já possuem os jogos soar estranha, Uncharted: Coleção Legado dos Ladrões é uma experiência aprimorada de dois excelentes jogos da biblioteca do PS4 e que ficam ainda melhores no PS5.

85
Uncharted: Coleção Legado dos Ladrões
Fabricante: Naughty Dog
Plataforma: PS5
Gênero: Ação
Distribuidora: Sony Interactive Entertainment
Lançamento: 28/01/2022
Dublado: Sim
Legendado: Sim
Troféus: Sim (inclusive Platina)
Comprar na

Although the whole collection content suggests little increments and Sony’s strategy of not distributing free native versions to players who already own the games sounds strange, Uncharted: Legacy of Thieves Collection is an enhanced experience of two excellent games from the library of the PS4 and that look even better on PS5.