Street Fighter 6

O Summer Game Fest 2022 possui uma área física que a imprensa e influenciadores podem testar alguns dos jogos que serão lançados no futuro. Entre eles está Street Fighter 6.

Primeiramente, de acordo com o Easy Allies, o modo single-player de Street Fighter 6 também servirá como um tutorial, explicando o básico e as mecânicas.

Todos os Supers de Ryu, Chun-Li, Luke e Jamie

Ao contrário dos últimos jogos de Street Fighter, SF6 inclui três Supers para cada personagem. Há um medidor distinto na parte inferior da tela para ambos os combatentes, e esse medidor tem quatro níveis.

Os jogadores podem usar seus Supers de nível 1 assim que tiverem uma barra cheia desse medidor, ou podem esperar até que tenham duas ou mais para conseguir um nível 2. Isso faz bastante sentido direto, mas as coisas ficam um pouco nebulosas quando chegamos a três e além.

Na verdade, existem duas versões para o nível 3 de cada personagem, a segunda das quais se torna sua “Critical Art” quando sua vida está abaixo de 25%.

Se o medidor Super estiver cheio até o nível 3 e a vida de um personagem for drenada o suficiente, o “3” se transformará em “CA” e a versão mais contundente de seu nível 3 acontecerá quando ele o executar.

Drive System

Parece que quase todas as interações afetam o medidor de Drive de alguma forma, e acabar no estado de exaustão que resulta do uso de todo ele é extremamente punitivo.

Os jogadores começam as partidas com um medidor de Drive de 6 barras completo e podem gastar várias quantias realizando ataques EX, Drive Reversals, Parries, Drive Impact e Drive Rush cancels. Bloquear ataques recebidos também esgotará seu medidor de unidade, embora você o ganhe quando seu oponente bloquear seus ataques.

Acertar o oponente durante a inicialização ou recuperação de seus movimentos também enche e esgota o medidor de movimentação, assim como fazer ou ser atingido por um Super.

A maioria das interações afeta o medidor Drive, e tê-lo totalmente esgotado coloca você em um mundo de dor em que seu personagem perde o acesso a todas as mecânicas do Drive, sofre uma velocidade de movimento mais lenta, é vulnerável a ser atordoado (via o golpe de parede do Drive Impact) e pode ser nocauteado via ‘chip damage’ com os movimentos especiais.

Uma vez esgotados, os jogadores devem esperar que um medidor seja reabastecido e parece que leva muito tempo (talvez 20 segundos). Esse processo pode ser agilizado ao acertar golpes bem-sucedidos, bem como receber dano.

Parry

Como em Street Fighter III Third Strike, o parry parece sair no primeiro frame. Você pode executá-lo assim que levantar do chão, por exemplo, evitando receber golpes que o seu oponente pode tentar fazer assim que você se recupera.

Além disso, acertar o parry no primeiro frame causa um efeito que permite contra-atacar (exceto se for um projétil).

Esta é uma grande diferença em relação ao que vimos em Street Fighter V, já que os parries tiveram alguns quadros de inicialização e, embora isso signifique que a mecânica terá mais utilidade, ela não é exatamente como vimos em Third Strike.

A animação de parry em Street Fighter 6 tem quadros de recuperação e, como em Street Fighter 5, ser atingido durante essa janela de recuperação vem com ramificações extras.

Você não apenas gastará o precioso medidor de Drive para tentar um parry, mas ser punido depois esgotará seu medidor e o dará ao seu oponente.

 

Caso tenha perdido, o jogo terá cross-play e netcode via rollback, tivemos um trailer de Guile e as provocações parecem ser específicas. Street Fighter 6 será lançado em 2023 para PS4, PS5, Xbox Series e PC.