Com a chegada de Chrono Cross: The Radical Dreamers Edition nesta semana, determinados usuários decidiram rejogar o original através do PSOne Classics de PS3 e de PS Vita. No entanto, se depararam com um problema.

 

Alguns desses jogadores estão relatando que não é possível jogar em seus PS3. No caso, a data de expiração do jogo está marcada como 31 de dezembro de 1969 – ou seja, como se a licença tivesse expirado.

Antes que teorias sejam criadas de que isso ocorre por causa do relançamento de Chrono Cross, há relatos semelhantes com outros jogos da linha PSOne Classics, como Chrono Trigger, Final Fantasy Origin, Final Fantasy VI e outros.

Apesar de menos frequente, esse mesmo problema também está sendo reportado por usuários de PS Vita – e, nesse caso, não é algo exclusivo a PSOne Classics.

De uma forma geral, 31 de dezembro de 1969 é uma data chamada de Unix Time, que os programadores definem como o início da vida de um software. Considerando os problemas acima relatados, parece que há algo ‘quebrado’ no banco de dados da Sony e que necessita de reparo. Ou seja, o que resta fazer é esperar que a Sony conserte esse problema para que os jogadores possam voltar a aproveitar seus jogos digitais.