Tales of Kenzera: Zau

O texto abaixo foi publicado no PlayStation.Blog brasileiro.


Eventualmente, todos temos que lidar com a dor do pesar. Ela vem de várias formas e de várias fontes. O jogo de estreia dos Surgent Studios (fundado por Abubakar Salim), Tales of Kenzera: Zau, é um game de ação e exploração 2.5D, com foco na narrativa, sobre como encarar tais emoções, e sobre a descoberta de como o amor nos dá a coragem para continuar a viver após uma perda devastadora. O título chega para o Catálogo PlayStation Plus Game no dia do lançamento, 23 de abril de 2024! (Disponível para membros PlayStation Plus Extra e Deluxe).

O Jogador controla Zau, um jovem guerreiro-xamã de Amandla, que busca Kalunga, o Deus da Morte, para pedir que ele traga de volta seu Baba do reino dos mortos.

Utilizando duas poderosas máscaras com os poderes cósmicos do sol e da lua, em uma dança bela e caótica, Zau viaja por Kenzera, um rico reino místico inspirado pelos contos dos Bantu, lutando contra espíritos ancestrais e vencendo obstáculos e plataformas para encontrar 3 poderosos seres que fugiram das garras do Deus da Morte.

Zau vai descobrir e despertar poderosas habilidades durante a sua missão para se tornar um Nganga digno e resgatar seu Baba perdido. Estas incluem poderosos Spirit Attacks como o feroz Lunar Beam, que pode ser usado para obliterar inimigos usando a Moon Mask

e o poder de fogo da Supernova, usada para queimar inimigos próximos com o fogo xamanístico da Sun Mask.

Durante a aventura de Zau, o jogador receberá pontos de experiência da exploração e do combate. Estes pontos podem ser gastos em habilidades divididos em duas árvores, uma para a máscara da lua e uma para a do sol. Essas habilidades permitem que Zau se torne mais poderoso e aprenda novos ataques e combos rapidamente, se tornando um feroz guerreiro-xamã.

Durante sua jornada, Zau também encontrará Shaman Shrines que concedem habilidades inacreditáveis, como o poder de planar longas distâncias sobre as planícies, ou desacelerar sua queda,

Ou utilizar a habilidade cósmica Pulse, que permite quebrar e reconstruir barreiras em seu caminho.

O jogador descobrirá um universo rico cheio de caos e ordem em uma jornada através de biomas místicos inspirados pelas emoções e questões que afligem a humanidade durante a jornada da perda, dando muito o que pensar enquanto você e Zau viajam pelo mundo de Kenzera, como as escuras e pantanosas Woodlands, e as Deadlands, lar de poças de lava mortais, todas cheias de cores e segredos.

A humanidade e a cura são o cerne de Tales of Kenzera: Zau. Nesta jornada, Zau encontrará outros personagens que também estão passando pela sua própria jornada de dor, que podem ajudá-lo a aprender e crescer através de suas experiências.

O jogador também encontrará grandes Baobás durante sua aventura. Essas árvores possuem um grande significado para Zau, já que seu Baba o levava para meditar nessas mesmas árvores. Enquanto as explora, você presenciará momentos de lembrança e cura pelos quais Zau parrará sem sequer perceber.

Estes visuais deslumbrantes são acompanhados de uma trilha sonora original e cativante pelo premiado compositor Nainita Desai.

Zau também encontrará Yumboes, criaturas originárias de um mundo de alegria constante, que oferecerão descanso para Zau em seus acampamentos. Você também pode viajar rapidamente entre os acampamentos que descobrir.

Falta pouco até você poder explorar o pelo e traiçoeiro mundo de Kenzera e abraçar a dança do xamã, com o lançamento dia 23 de abril.

Estamos ansiosos para ver os fãs PlayStation explorando o universo inspirado pelos contos dos Bantu criados pelo Surgent Studio, e suas aventuras com Zau, quando Tales of Kenzera: Zau chegar ainda este mês!

Dave the Diver também foi anunciado hoje como um título do catálogo de jogos PlayStation Plus do primeiro dia. Saiba mais com o desenvolvedor Mintrocket.

Winz.io