O site IGN divulgou uma entrevista com Takashi Iizuka, chefe da Sonic Team, focada em Sonic Frontiers.

Sobre o novo mundo aberto do jogo, Iizuka disse o seguinte:

“Você pode fazer muitas descobertas e curtir a ação do Sonic em 3D nas ilhas de zona aberta do jogo. No entanto, eles também contêm estágios de ação linear de alta velocidade no estilo Sonic tradicional. Os fãs da ação tradicional do Sonic 3D moderno devem gostar. Eles serão capazes de usar as técnicas e ações que aprenderam para vencê-los. Ao mesclar essas zonas abertas e estágios de ação 3D tradicionais nas mesmas ilhas, os jogadores poderão desfrutar de uma variedade maior de ação 3D do que antes”.

Em relação à exploração e puzzles:

“Explorar ilhas faz parte da diversão em Sonic Frontiers. É sobre a ação 3D e a emoção do que você descobre. As ilhas em Sonic Frontiers contêm muitos elementos e peculiaridades diferentes. Isso inclui a resolução de quebra-cabeças. Estes envolvem o uso de técnicas de jogos de ação, bem como o seu cérebro. Você pode desbloquear áreas da ilha através desses quebra-cabeças contendo vários tipos de jogabilidade. Parte do prazer é abrir gradualmente a área disponível para você”.

Por fim, Iizuka disse que gostaria de fazer um novo Sonic Adventure.

“Já mencionei isso em entrevistas anteriores, mas gostaria de continuar a série Sonic Adventure. Sonic Adventure também contém espaços abertos menores conhecidos como Adventure Fields. Acho que também usamos o que aprendemos com eles neste jogo. Ainda não pensei no meu próximo game. No entanto, pessoalmente, acho que seria bom se pudéssemos usar o que aprendemos com este jogo em Sonic Adventure”.

Veja a entrevista na íntegra no vídeo abaixo (com legendas em português). Caso tenha perdido, veja um vídeo do combate e outro da exploração em Sonic Frontiers.

Sonic Frontiers será lançado para PlayStation 5, Xbox Series, PlayStation 4, Xbox One, Switch e PC neste fim de ano com legendas em português do Brasil.