PlayStation

A Sony realizou o ‘2022 Business Segment Briefings‘ e o CEO da Sony Interactive Entertainment, Jim Ryan, fez uma apresentação relacionada aos negócios da PlayStation. Assim, temos diversos detalhes dos futuros planos da companhia.

Primeiramente, temos as vendas de jogos no PC. Horizon Zero Dawn vendeu 2,4 milhões, God of War está em 971 mil e Days Gone 852 mil. A receita gerada dos três títulos foi de pouco mais de 100 milhões. Para este ano fiscal, a Sony espera chegar em 300 milhões, portanto há muitos jogos para PC a caminho.

Até o ano fiscal de 2025, a PlayStation espera investir 50% em novas IPs (séries) e 50% nas existentes.

Para o lançamento do PlayStation VR2, a Sony planeja oferecer mais de 20 jogos, tanto de first quanto de third-parties.

Além disso, Jim Ryan confirmou que dois jogos GaaS (Game as a Service, ou seja, jogos que recebem suporte frequentemente e normalmente são gratuitos) serão lançados pela Sony ainda neste ano fiscal.

Ele confirmou que não se trata de Destiny 2 (por conta da compra da Bungie). Há especulação que um deles seja o multiplayer de The Last of Us.

Em relação aos lançamentos first-party da Sony até 2025, Jim Ryan espera que 54% deles sejam no PS5, 27% no PC e 19% no Mobile.

A Sony está convencida de que o PS5 será sua “maior plataforma de todos os tempos”. O interesse de compra é quase o dobro em comparação com o mesmo período do ciclo de vida do PS4.

A Sony planeja aumentar continuamente a produção do PS5, fechando a lacuna com o fornecimento do PS4 em seu terceiro ano nas prateleiras e, em seguida, ultrapassando o console mais antigo em seu quarto ano. O plano é continuar aumentando a produção para alcançar o ponto mais alto de todos os tempos para a marca PlayStation.