A Victua e Highwire Games anunciam hoje Six Days in Fallujah, um jogo de tiro tático militar em primeira pessoa baseado em histórias verdadeiras da Segunda Batalha de Fallujah em 2004, que chega ao PC e consoles em 2021. Originalmente anunciado pela Atomic Games em 2009, Six Days in Fallujah retorna com uma nova publisher, nova desenvolvedora e um jogo totalmente novo de muitos dos principais times de liderança que criaram os jogos Halo e Destiny originais.

“Às vezes, a única maneira de entender o que é verdade é experimentar a realidade por si mesmo”, diz o ex-sargento da Marinha Eddie Garcia, que foi ferido durante a Batalha de Fallujah e propôs a ideia original para Six Days in Fallujah, em 2005. “A guerra está cheia de incerteza e escolhas difíceis que não podem ser compreendidas ao assistir alguém na TV ou no cinema fazerem essas escolhas por você. Os videogames podem ajudar a todos nós a entender os eventos do mundo real de uma forma que outras mídias não podem”.

A Segunda Batalha de Fallujah começou em 2004, depois que a Al Qaeda assumiu o controle de uma das principais cidades do Iraque. A batalha provou ser o conflito militar mais difícil para as forças ocidentais desde 1968.

A Atomic Games anunciou Six Days in Fallujah em 2009, mas viu o título abandonado por sua editora original após a controvérsia sobre a capacidade dos videogames de cobrir eventos desafiadores do mundo real. Victura é uma editora e produtora fundada em 2016 pelo ex-CEO da Atomic Games, Peter Tamte, com o objetivo de trazer um novo Six Days in Fallujah para os jogadores, junto com outros jogos baseados em histórias verdadeiras.

Trabalhando em parceria com fuzileiros navais e soldados da linha de frente que lutaram na Batalha de Fallujah, a Victura e Highwire passaram mais de três anos construindo tecnologias e mecânicas de jogo exclusivas que aproximam os jogadores da incerteza e das táticas de combate moderno do que outros videogames já exploraram.

Mais de 100 fuzileiros navais, soldados e civis iraquianos que estiveram presentes durante a Segunda Batalha de Fallujah compartilharam suas histórias pessoais, fotografias e gravações de vídeo com a equipe de desenvolvimento. O jogo dá voz a essas histórias por meio da jogabilidade e de relatos em primeira pessoa capturados em imagens de entrevistas documentais originais. Six Days in Fallujah tem como objetivo ser o game de tiro militar mais autêntico já lançado, e o de contar essas histórias militares e de civis com a integridade que elas merecem.

“É difícil entender como é realmente o combate através de pessoas falsas fazendo coisas falsas em lugares falsos”, disse Peter Tamte, CEO da Victura. “Esta geração mostrou sacrifício e coragem no Iraque tão notável como qualquer outra na história. E agora eles estão oferecendo ao restante de nós uma nova maneira de entender um dos eventos mais importantes do nosso século. É hora de desafiar estereótipos desatualizados sobre o que os videogames podem ser”.

Six Days in Fallujah será lançado para PC e consoles em 2021. A Victura anunciará mais detalhes sobre o jogo nas próximas semanas.