O Call of Duty de 2022 será uma sequência de Modern Warfare de 2019. Isso é de acordo com o insider Tom Henderson e corresponde ao que outros sites, como o VGC, ouviram sobre o assunto.

“Parece que Call of Duty 2022 tem o codinome Projeto Cortez”, Henderson tweetou. “Espera-se que seja uma sequência de Modern Warfare 2019”. Project Cortez apareceu pela primeira vez em uma lista datada de jogos da GeForce Now nesta semana, com a Infinity Ward listada como desenvolvedora.

De acordo com pessoas com conhecimento dos planos da Activision, a sequência de Modern Warfare incluirá uma campanha envolvendo as forças especiais dos EUA em uma guerra secreta contra os cartéis de drogas colombianos.

Os últimos Call of Duty foram desenvolvidos pela Treyarch, Raven e Sledgehammer Games, o que significa que a Infinity Ward tem três anos para preparar o novo jogo.