Activision

A Autoridade de Competições e Mercados do governo do Reino Unido (CMA) disse que a aquisição da Activision Blizzard pela Microsoft pode prejudicar os jogadores.

A CMA divulgou as conclusões provisórias (via IGN) de sua investigação hoje, 8 de fevereiro, que levantou preocupações sobre vários problemas diferentes que poderiam surgir se o acordo fosse concluído, incluindo preços mais altos, menos opções e menos inovação para os jogadores do Reino Unido.

Os jogos em nuvem foram um motivo significativo de preocupação, pois a CMA observou que a Microsoft já responde por 60% a 70% desse mercado. Adicionar nomes como Call of Duty às suas ofertas atuais de nuvem de maneira exclusiva pode “alterar o futuro dos jogos” e potencialmente prejudicar os jogadores do Reino Unido, disse a CMA.

A CMA comentou que a Microsoft fez jogos exclusivos para o Xbox ao comprar estúdios no passado, apesar da companhia ficar na tecla que Call of Duty não se tornaria exclusivo, e acrescentou em um comunicado à imprensa que “restringir o acesso que outras plataformas têm aos jogos da Activision pode reduzir substancialmente a competição entre Xbox e PlayStation no Reino Unido”. Isso “pode resultar em todos os jogadores vendo preços mais altos, alcance reduzido, qualidade inferior e pior serviço em consoles de jogos ao longo do tempo”, acrescentou.

A CMA enviou à Microsoft, Sony e outras empresas envolvidas uma explicação de suas descobertas provisórias e também as maneiras pelas quais esses problemas podem ser resolvidos, o que significa que as preocupações atuais podem ser tratadas quando seu relatório final for publicado.

CEO diz que Sony não atende às suas ligações

O CEO da Activision, Bobby Kotick, queixou-se que a Sony nem sequer atende ou retorna os telefonemas, algo importante pois estão num momento do ano que, segundo ele, é quando são combinadas as oportunidades de parceria e publicidade para os grandes lançamentos como Call of Duty (via Eurogamer).

Numa entrevista à Fox Business, a respeito dos resultados financeiros divulgados, Kotick foi questionado sobre a situação da venda da Activision Blizzard. Segundo Kotick, “é curioso, a Sony não nos tem telefonado. Não retornam as nossas chamadas e por isso, penso que algo que nos está surpreendendo é que esta é a altura do ano em que, habitualmente, estaríamos falando do futuro e novas oportunidades conjuntas de parceria e não atendem as nossas chamadas”. “Não sei se somos tão valiosos quanto disseram aos reguladores”, acrescentou o CEO.

cassino online Netbet