A Sony Interactive Entertainment (SIE) se tornou a mais recente companhia de videogames a interromper as vendas de seus produtos na Rússia após a invasão da Ucrânia pelo país.

Na sexta-feira passada, a SIE retirou discretamente o lançamento russo planejado de Gran Turismo 7, mas não comentou publicamente sobre a mudança até hoje.

“A Sony Interactive Entertainment (SIE) se une à comunidade global pedindo paz na Ucrânia”, disse a empresa em comunicado divulgado ao VGC nesta quarta-feira. “Suspendemos todas as remessas de software e hardware, o lançamento de Gran Turismo 7 e as operações da PlayStation Store na Rússia”.

“Para apoiar a ajuda humanitária, a Sony Group Corporation anunciou uma doação de US$ 2 milhões ao Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) e à ONG internacional Save the Children, para apoiar as vítimas desta tragédia”, adicionou a companhia.

Na semana passada, o vice-primeiro-ministro da Ucrânia pediu ao Xbox e PlayStation para encerrar temporariamente o suporte ao produto nos mercados russo e bielorrusso após a invasão.

A Microsoft anunciou na sexta-feira que deixaria de vender produtos e serviços na Rússia. Outras grandes empresas suspenderam as vendas na Rússia: Nintendo, Electronic Arts, CD Projekt, Take-Two, Ubisoft, Activision Blizzard, Hi-Rez Studios e Epic Games.

Atualização: anúncio oficial no Twitter.