O novo CEO da PlatinumGames, Atsushi Inaba, disse que quer que a empresa crie jogos maiores e mais arriscados, e pareceu sugerir que o Project GG de Hideki Kamiya poderia ser um jogo do tipo GaaS (Games as a Service, Jogos como Serviço).

Inaba discutiu sua promoção em uma entrevista recente com a Famitsu (via VGC). Nela, Inaba pareceu sugerir um foco maior em GaaS. Ele disse que gostaria que a empresa criasse mais jogos que “podem ser apreciados e amados por um longo período de tempo”, em comparação com aqueles em que os jogadores experimentam conteúdo “único”, como em Bayonetta.

E o Project GG de Kamiya foi mencionado especificamente por Inaba em relação ao seu desejo de criar títulos “diferentes do passado”. “Opa, quase deixei escapar algo importante sobre para onde estamos indo”, insinuou Inaba, quando questionado sobre a filosofia de design de GG.

Project GG ainda está em fase de testar várias coisas, então não posso falar muito sobre isso, mas quando se trata de produção de jogos futuros, queremos nos concentrar em criar jogos diferentes do passado. Eu gostaria de me concentrar na criação de jogos que possam ser apreciados e amados por um longo período de tempo”, disse Inaba. Ele acrescentou: “é claro que gostaríamos de criar e criar jogos pequenos, mas brilhantemente concebidos, como Sol Cresta, e jogos nos quais você pode aproveitar o processo de terminar o jogo passando por estágios únicos e bem projetados, como em Bayonetta”.

“No entanto, os projetos que estamos tentando criar para o futuro serão diferentes em termos de estrutura. Considerando as mudanças no mercado nos próximos cinco anos, acho que é absolutamente necessário que façamos isso. Desculpe por ser tão vago, mas acho que é tudo o que posso dizer agora”, termina.