Honkai: Star Rail

A HoYoverse divulgou um curta animado de Honkai: Star Rail chamado ‘Rondó Através de Incontáveis Kalpas’. Veja logo abaixo.

Confira a descrição:

Os dois planetas estavam interligados nos destinos trágicos um do outro, dançando um rondó eterno em volta de um grande sol negro.
No começo, um dos planetas deu origem a humanos. Essa gente olhou para baixo e chamou a terra inferior de “Izumo”. Essa gente olhou para cima e chamou o mundo superior de “Takamagahara”.
Certo dia, não registrado nos anais, os “Deuses Inumeráveis” desceram de Takamagahara. Essas feras demoníacas que eram chamadas de deuses viraram os céus de ponta-cabeça, queimaram os rios e mares, e fizeram a terra ruir. O povo percebeu, aterrorizado, que a invasão não era motivada por governança, domínio ou pilhagem. Os deuses malignos chegaram só para matar.
Com o planeta à beira da morte, Izumo embarcou em uma jornada deicida, exaurindo as forças de toda a terra para assassinar a calamidade, “Soberano do Apocalipse”, e aproveitando-se de seu corpo bestial para forjar a primeira Lâmina do Édito.
Essas espadas fariam os deuses provarem de seu próprio veneno. Ao recitar o mantra contido na lâmina, seu portador podia dominar o poder divino de Takamagahara e usá-lo para combater os deuses malignos e salvar o povo.
Então, Izumo deu início a sua longa e árdua cruzada, sacrificando incontáveis vidas em troca da queda de uma divindade após a outra, e estilhaçando inúmeras lâminas mortais para forjar as doze Sentinelas.
Na impiedosa luta pela sobrevivência, Izumo usou o poder das Lâminas do Édito para iluminar seu mundo tenebroso e incivilizado em menos de dez Eras de Âmbar, erguendo cidades deslumbrantes tomadas de luzes neon.
O distante Reino Divino de Takama, antes tão longínquo, de repente estava ao seu alcance.
Mas então, a história parou. A existência dos dois planetas se evaporou instantaneamente, desaparecendo por completo.
Hoje em dia, o passado do planeta fronteiriço de Izumo só pode ser vislumbrado a partir de sussurros espalhados pelo universo. Não há consenso entre acadêmicos para a explicação de seu sumiço, e ninguém é capaz de solucionar o mistério.
A História de Izumo deveria ter sido um extenso rio, mas foi decepada com um corte, e todo o seu passado e futuro desaguaram num mar vazio.
Será que o planeta nunca existiu, que não passou de uma invenção? Será que suas histórias nunca aconteceram, e ele apenas encalhou na praia da causalidade reversa? Será que foi só mais um experimento estarrecedor do Dr. Primitivo, ou talvez um sinal da Voracidade retornando do fim do cosmos?
Somente o grande sol negro sabe a resposta, mas ele permanece em silêncio, calado.
Tudo o que acontece um dia chegará ao fim, e tudo o que já aconteceu sem dúvidas acontecerá de novo. O universo opera em eterna repetição sob a sua sombra, e Izumo não passa de uma nota de rodapé.

Honkai: Star Rail está disponível para PS5. A Versão 2.1 será lançada em 27 de março.

Winz.io