NotíciasPlayStation 4

Veja recapitulação do primeiro Rage; cronograma do suporte a Rage 2 nos próximos meses

A Bethesda liberou um cronograma do que Rage 2 receberá nos próximos meses. Além de novas missões, skins, desafios e outros eventos gratuitos, em agosto teremos a primeira expansão paga. A segunda DLC paga chega na primavera brasileira.

O texto abaixo, que recapitula os eventos do Rage original, foi publicado no site oficial do jogo.


Quando o primeiro RAGE foi lançado em 2011, ele era uma maravilha tecnológica; um jogo de tiro em primeira pessoa da melhor qualidade feito pelos gênios da id Software.

Ele tinha suas falhas (cof o final cof), mas foi bem recebido tanto pelo público quanto pela crítica. Agora, uma sequência sendo desenvolvida por duas lendas do setor – id Software e Avalanche Studios – está vindo aí. RAGE 2 se passa no mesmo mundo, mas 30 anos após a história do primeiro jogo. Há um novo protagonista, novas áreas para explorar, novas coisas para explodir e novas aventuras para começar. Mas a série não esqueceu suas raízes. Nós elaboramos um guia útil que explica as pessoas, os lugares e os acontecimentos mais importantes do primeiro jogo. Quer você tenha jogado o RAGE original e queira refrescar a memória, ou nunca tenha tido a chance mas deseje se informar, este guia é um ótimo ponto de partida.

RAGE Rewind Vehicles

HISTÓRIA

“A humanidade acabou. Um fim justo para alguns milhares de anos de exploração, destruição e guerra; nós merecemos. Como tudo na vida, a natureza terá sua vingança sem hesitar e com consequências devastadoras.” – New York Times, 2037

Apophis
Ah, Apophis. O motivo de não podermos ter coisas legais. Coisas legais como sobrevivência. A introdução do primeiro jogo começa com o asteroide Apophis atingindo a Terra, causando enorme devastação. Essa catástrofe dizimou 80% da população do planeta e criou ermos sem lei onde a humanidade costumava prosperar. O primeiro RAGE se passa pouco mais de 100 anos após a colisão do Apophis e o mundo é um lugar totalmente diferente. Trinta anos depois, quando RAGE 2 começa, o mundo está começando a se recuperar. Civilização e vida começam a reemergir na Terra e as coisas parecem estar melhorando. Claro, a população ainda precisa combater gangues itinerantes brutais e a tirania da Autoridade, mas é um progresso!

Arquistas
Com a iminência da colisão do Apophis com a Terra, parte da população foi criogenicamente congelada e colocada em Arcas muito abaixo da superfície do planeta. Anos após a queda do asteroide, alguns desses sobreviventes começaram a acordar e a voltar à superfície, onde encontraram um mundo totalmente diferente. Conhecidos como Arquistas, estes são os únicos indivíduos na Terra capazes de utilizar as poderosas e únicas habilidades de nanotrito, o que faz deles tanto possíveis salvadores do planeta quanto possíveis alvos daqueles que desejam controlar o mundo. Tanto o herói (Nicholas Raine) quanto o vilão (General Cross) do primeiro RAGE são sobreviventes das Arcas.

TV Surra de Mutantes
Até as facções bárbaras dos ermos precisam de entretenimento e esse entretenimento existe na forma da TV Surra de Mutantes, um confronto sangrento e brutal entre hordas de mutantes e competidores corajosos o bastante para botar suas habilidades à prova. A TV Surra de Mutantes retorna com novos desafios em RAGE 2.

RAGE Rewind MutantBash

Feltrita
Feltrita é energia pura em forma de cristal. Quando refinada, ela pode ser usada para todo tipo de coisa, desde alimentar as armaduras de combate da Autoridade até fortalecer os armamentos mais potentes. Feltrita é o recurso mais valioso dos ermos e sua escassez faz com que as pessoas se disponham a matar e morrer para obtê-la. Se bem que, considerando as novas e sanguinárias facções de RAGE 2, poucas são as coisas nessa sociedade anárquica pelas quais as pessoas não se dispõem a matar e morrer.

Nanotritos
Nossa, a importância dessas micromáquinas. Talvez nada seja mais importante. Antes de entrar em seu sono gelado nas Arcas, cada sobrevivente foi injetado com esses pequenos milagres científicos. Quando os Arquistas acordam, eles recebem mais uma infusão de nanotritos, que são programados para iniciar o processo de autocura e reparação. É por isso que os Arquistas têm coisas úteis como a habilidade de desfibrilação e visão aprimorada. Esses nanotritos vão continuar fazendo hora extra pelo resto da vida dos Arquistas, reparando o corpo dos seus hospedeiros e até aprimorando-o de maneiras imprevistas. Esses nanotritos são o verdadeiro motivo por trás das poderosas habilidades de Walker em RAGE 2.

PESSOAS

General Cross/A Autoridade
Embora seja só um nome que você escuta no primeiro jogo, o general Martin Cross é o líder da opressora Autoridade, organização que busca governar os ermos à força e que caça todos os sobreviventes restantes das Arcas que encontra pelo caminho. Sob a liderança do general Cross, a Autoridade criou um exército de mutantes e supersoldados equipados com tecnologia de ponta. Você finalmente terá a chance de enfrentar o general Cross em RAGE 2.

RAGE Rewind Authority

Nicholas Raine
Nicholas Raine é um sobrevivente das Arcas e o protagonista do primeiro jogo. Nos anos que se passaram entre os dois jogos, ele aparentemente desapareceu na vastidão dos ermos, mas seu rastro de destruição deixou uma forte impressão em muitos dos habitantes de lá. Cultos que veneram Raine como uma espécie de deus da morte surgiram entre o que restou das populações que ele dizimou. Raine não tem qualquer ligação com Walker, de RAGE 2. Ou será que tem? Não tem, não. Ou será que tem?

Capitão John Marshall
Líder por natureza, John Marshall é o capitão das forças da Resistência no primeiro jogo, confrontando a Autoridade de maneiras que poucos ousaram confrontar. Mas os anos não foram gentis com o capitão Marshall, que agora é só um velhote dono de bar em Gunbarrel que passa os dias resmungando sobre a volta da Autoridade. Talvez devêssemos começar a dar ouvidos a atendentes de bar velhos e caducos. Vai que eles sabem de alguma coisa?

RAGE Rewind CaptainMarshall

Dr. Kvasir
O Dr. Antonin Kvasir é um antigo cientista da Autoridade que desertou para a Resistência e agora passa os dias fazendo armamentos à base de feltrita para serem usados contra seus antigos companheiros e os mutantes que ele ajudou a criar. Já quase uma múmia quando você o conhece no primeiro jogo, Kvasir agora está 30 anos mais velho (ou seja, velho pra p***) e 30 anos mais… excêntrico. Ele trocou sua cadeira flutuante do primeiro jogo por “Pernas”. Não pernas de verdade para andar, isso faria sentido demais. Pernas é o nome que ele deu ao mutante que escravizou e ciberneticamente anexou a si mesmo.

Loosum Hagar
Loosum Hagar é a mulher responsável por ensinar a Raine a arte do Wingstick, uma das armas favoritas dos fãs do primeiro jogo. Ela terá novos truques para mostrar a Walker com o Wingstick melhorado de RAGE 2. Apesar disso, ela é a prefeita de Wellspring agora, então está sempre muito ocupada. Tente não ficar no caminho dela. Fora isso, alguns de vocês que leram o romance de RAGE talvez estejam se perguntando: “Mas espera, a Loosum não morreu no livro?” E nossa resposta para isso é: “Shhhhhhh.” Quem lê livros, afinal?

RAGE Rewind Loosum

Prefeito Clayton
Quando você lidou com o Clayton no primeiro RAGE, ele era o prefeito de Wellspring. Agora, ele é o prefeito de estar morto, então você não vai vê-lo de novo, mas vai conhecer seu filho corrupto-de-doer, Klegg.

LUGARES

Wellspring
Durante os acontecimentos do primeiro jogo, Wellspring era a maior e mais segura cidade nos ermos. Nos anos que se passaram desde então, seu crescimento foi exponencial e hoje ela prospera sob a liderança de Loosum.

RAGE Rewind Wellspring

Gunbarrel
Sussurros e rumores de Gunbarrel tiveram papel crucial no primeiro RAGE. Cidade vizinha de Wellspring, Gunbarrel era um importante parceiro comercial para o povo dos ermos. Você nunca chegou a visitar Gunbarrel no primeiro jogo, mas RAGE 2 vai retificar isso.