NotíciasPlayStation

Toshimichi Mori: “eu nunca disse que Guilty Gear vs BlazBlue não acontecerá”

Na Arc REVO America 2019, o site GearNuke teve a chance de conversar com o criador de BlazBlue, Toshimichi Mori. Em um dado momento, é questionado se algum dia veremos um Guilty Gear vs BlazBlue.

Veja os trechos a seguir.

Os personagens Guilty Gear e BlazBlue ainda precisam lutar. Existe uma chance de vermos os personagens de Guilty Gear como convidados em BlazBlue Cross Tag Battle?

Eu nunca pensei sobre isso. Aparentemente, não sei qual é a fonte, mas vi um artigo dizendo que eu disse que Guilty Gear vs. BlazBlue nunca aconteceria. Eu nunca disse isso. Talvez planejemos isso, uma vez que tudo ao redor de Guilty Gear e BlazBlue se acalme e tenhamos tempo para pensar sobre isso. Não temos planos para isso agora, mas não temos uma regra interna que diga que não há Guilty Gear vs. BlazBlue.

Em outro momento da entrevista, Mori comenta sobre a possibilidade de um BlazBlue com o estilo gráfico de Guilty Gear.

BlazBlue é único por ainda ser um jogo baseado em 2D. Outros jogos de luta, como Guilty Gear, passaram para 3D usando a Unreal Engine, por exemplo. Você já pensou na próxima geração do BlazBlue utilizando a Unreal Engine e fazendo a transição dos personagens de 2D para 3D?

Se eu tiver a chance, 100% eu quero fazer um jogo de luta 2.5D. No momento de iniciar o desenvolvimento de BlazBlue, havia uma limitação no 3D em como ele poderia parecer 3D. Agora, nesta geração que mudou, a tecnologia se desenvolveu. Na verdade, em 3D você tem mais liberdade para ter a aparência de 2D em 3D. Então, se eu tiver a chance, quero mudar para 3D… ou algo entre 2D e 3D.