A Sony registrou uma nova patente que descreve uma IA que ajudará o jogador se eles ficarem presos, sugerindo que eles realizem microtransações.

A patente da Sony é uma “plataforma in-game de recursos” que identifica onde o jogador está preso no jogo e sugere soluções. A IA depende de dados individuais e coletivos dos jogadores e os transforma através do processamento de linguagem natural para oferecer suas respostas.

Suas respostas nem sempre são “esquive quando a luz fica vermelha”, “use flechas explosivas” ou algo parecido. “Muitas vezes, pode haver um recurso in-game do ambiente do jogo que pode ajudar o usuário a atingir o objetivo com o personagem”, diz a patente enviada à Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI). “O recurso do jogo pode ser conteúdo para download (DLC), complementos, atualizações, itens, dicas, estratégia, dados comunitários, etc. No entanto, o usuário não está necessariamente ciente de que esse recurso existe.”

Como mostrado na patente, essa é apenas uma das maneiras pelas quais a IA ajudaria o jogador. A coleta de dados do usuário permite que a plataforma exiba informações instantâneas sobre o que outros jogadores fizeram ou alcançaram antes daquele momento do jogo e diga ao jogador como a maioria resolveu o quebra-cabeça. Parece diferente do PlayStation Assist, que marcaria coisas no jogo como pacotes de saúde e tornaria os jogos mais acessíveis a todos os tipos de jogadores. Porém, existiria o diferencial de apontar uma direção às microtransações para superar um obstáculo.

Dito isso, as patentes nem sempre significam que o sistema é definitivo ou que chegará a ser implementado, porque as empresas as arquivam para proteger seus próprios interesses dos concorrentes.