PUBLICIDADE

Em entrevista exclusiva à CNET, Jim Ryan, CEO da Sony, disse que na semana passada “não era tempo para comemorar” em meio a turbulências internacionais e conflitos raciais.

“Há momentos na vida em que algo acontece ao seu redor e você percebe que o que está fazendo não é grande o suficiente, não é bom o suficiente ou está errado. Esse é um momento”, disse ele em uma troca de e-mail ao site CNET. “Vamos dar uma boa olhada em como nos comportamos como empresa e como nos comportamos em relação à nossa comunidade”.

Como parte disso, a divisão PlayStation da Sony prometeu US$ 1 milhão para causas que apoiam a comunidade negra.

Ryan disse que a decisão de adiar o evento PS5 foi direta. O show já estava gravado e finalizado, ele acrescentou, mas na semana passada não parecia um momento para comemorar.

PUBLICIDADE