NotíciasPlayStation 4

Mezut Özil é removido da versão chinesa de eFootball PES 2020

O jogador do Arsenal, Mezut Özil, se envolveu em uma confusão recentemente. Em seu perfil no Twitter, o jogador fez um comentário polêmico sobre os campos de detenção e reeducação de muçulmanos na China, onde mais de 1 milhão de uigures são mantidos presos contra sua vontade, na região de Xinjiang.

Numa espécie de retaliação, o governo chinês removeu a transmissão da partida entre Arsenal e Manchester City que ocorreu no último fim de semana.

Ainda em consequência aos eventos, a NetEase, gigante chinesa que publicou eFootball PES 2020 na China, anunciou que removeu o jogador de todas as versões chinesas do título. Em um comunicado, a NetEase disse que a declaração de Özil machuca o povo chinês e que viola o espírito de amor e paz que o esporte promove. O governo chinês diz que o jogador está cego e iludido por “fake news”.