NotíciasPlayStation

ESA planeja tornar a E3 2020 em um evento para os consumidores como a Gamescom; entenda

De acordo com o site GameDaily.biz, a Entertainment Software Association (ESA) está planejando transformar a E3 em um evento similar à Gamescom.

No caso, a organizadora deseja liberar o acesso para mais 10 mil consumidores ao evento e transformá-lo em um “festival de fãs, mídia e influenciadores”. A apresentação de slides que pode ser vista mais abaixo mostra essa proposta em detalhes.

Como exemplos dessas atividades de celebridades de alto nível, há membros do Los Angeles Lakers jogando games de basquete na frente de fãs ou atores competindo em um torneio. Essas atrações dependem de uma grande mudança na estrutura da E3. Basicamente, a ESA está tentando transformar a E3 em algo mais próximo da Gamescom. A E3 sempre foi mais um evento para a indústria com algum envolvimento do público.

Os participantes da indústria, incluindo a mídia, devem estar cientes de que os membros da ESA aprovaram mais 10.000 participantes de crachás de jogadores, elevando o número total de consumidores no salão da feira para 25.000. O cronograma da E3 pode ser reconfigurado com um dia somente para a indústria na terça-feira (tradicionalmente o primeiro dia das atividades da E3 no LA Convention Center), antes de abrir as portas para os membros do público em geral na quarta e quinta-feira.

Mesmo com mais 10.000 pessoas, a E3 não chegará nem perto dos maiores eventos de games no mundo.

Resta aguardar para ver se essa proposta seguirá adiante.

[scribd id=426247478 key=key-Bx0uGHEgieeQq3ajYMpN mode=scroll]