PUBLICIDADE

Muito se discute até hoje sobre o visual adotado pela Blizzard em Diablo 3. Enquanto os dois primeiros jogos da franquia eram jogos mais sombrios e góticos, com um estilo visual que refletia isso com o uso de cores e tons mais escuros, o 3° jogo foi revelado inicialmente com um mundo muito mais colorido.

Apesar dos jogadores terem, eventualmente, se acostumado com isso, até hoje uma parte considerável dos fãs reclama disso e espera um retorno ao estilo antigo, tanto que foi um dos principais pontos destacados pela Blizzard durante o anúncio de Diablo 4 e que também pode ser visto nas várias artes do jogo que vazaram antes da confirmação da sua existência, na esperança de trazer de volta os fãs de longa-data que não gostaram dessa mudança de direção.

Não surpreendentemente, Diablo 3 nem sempre teve esse visual. Oscar Cuesta, um artista que trabalhou na Blizzard North antes do seu fechamento, compartilhou algumas das artes de ambiente no qual o estúdio estava trabalhando por volta de 2005. Essas artes foram postadas no perfil do artista no Artstation há cerca de um ano, mas só agora o fansite de Diablo Pure Diablo as percebeu.

“Naquela época, os modelos tinham poucos polígonos e nós estávamos usando apenas mapas de cores básicas”, Cuesta escreveu. Você pode ver as artes abaixo e é inegável que elas se parecem muito mais com uma verdadeira e fidedigna sequência de de Diablo 2, ainda que Diablo 3 tenha suas próprias qualidades.

PUBLICIDADE