PUBLICIDADE

O texto abaixo foi publicado no PlayStation.Blog brasileiro.


O ano é 2009, e a Frictional Games estava em crise. Quase sem dinheiro, o pouco que tínhamos, acabando rápido. Tínhamos várias ideias para sistemas inovadoras e puzzles, mas não estavam dando certo. Decisões rápidas tiveram que ser tomadas.

“Esqueça a inovação! Vamos apenas fazer o jogo mais assustador que conseguirmos.”

Com isso, Amnesia: The Dark Descent nascia. E decolou bem mais alto do que jamais havíamos sonhado. O jogo se tornou sinônimo de terror com base em narrativa, e ainda é figura carimbada de vários Let’s Plays e livestreams hoje.

PUBLICIDADE

Agora, uma década depois, queremos retornar às raízes. Queremos que vivenciem a emoção, os arrepios e o medo cada vez maior do mundo de Amnesia em uma nova história.

É com prazer que finalmente revelo:

Amnesia: Rebirth

O que é Amnesia: Rebirth? Um novo protagonista, novo ambiente, nova história, criados usando o que aprendemos com o jogo original. Isto é Amnesia.

Isso não quer dizer que vamos apenas fazer mais do mesmo — no terror, a repetição é um pecado mortal. Você precisa manter os jogadores atentos a todo instante. Tivemos que retorcer as expectativas, refinar o que já usamos, e aumentar as apostas em tudo que já viu sobre nós.

Como pode esperar de um game da Frictional, não vamos apenas criar uma atração cheia de sustos simples. Amnesia: Rebirth é uma jornada que vai afetar suas emoções — algo diferente, menos previsível. Testará você de maneiras que nunca ouviu falar, e o fará pensar sobre o que realmente o amedronta.

Quando Amnesia: The Dark Descent foi lançado, adoramos ouvir o feedback dos jogadores que dizia que as pessoas não conseguiam terminar o jogo de tanto medo. Mas hoje em dia, o simples terror não é o bastante. Queremos levá-los além do terror, até o outro lado — e ver se aguenta o peso do que testemunhará.

Amnesia: Rebirth estará disponível ainda este ano. Vamos ver se você aguenta!