Em entrevista à Famitsu (via VGC), Tetsuya Nomura foi questionado sobre Quadratum, o novo mundo onde Kingdom Hearts IV se passa.

Quadratum se parece com o mundo real e o trailer de anúncio de Kingdom Hearts IV mostra seções que se parecem com Shibuya em Tóquio. No entanto, como o trailer explica, Quadratum não é o mundo real, mas é “semelhante a um pós-mundo”.

Na nova entrevista, Nomura confirmou que Shibuya faz parte do Quadratum, e que a sala em que Sora acorda no trailer é outra área de Tóquio chamada Minami-Aoyama. “Aquela sala será a base para a parte inicial do jogo”, revelou.

Discutindo como Quadratum funciona como um mundo alternativo, Nomura explicou: “de cada uma de nossas perspectivas, nossas percepções mudam. No [jogo para celular] Kingdom Hearts Union χ, o Master of Masters disse algo nesse sentido. Do ponto de vista de Sora, Quadratum é um submundo, um mundo fictício que é diferente da realidade. Mas do ponto de vista dos habitantes do lado Quadratum, o mundo do Quadratum é a realidade, e o mundo onde Sora e os outros estavam é o outro lado, o mundo fictício”.

“Acho que o tema deste projeto será o contraste entre aqueles que estão em posições tão diferentes”, diz Nomura.

Nomura também foi questionado sobre a cena no trailer em que Pateta e Donald são vistos procurando por Sora, e revelou que a nova aparência realista de Sora pode ser resultado dele estar em Quadratum, e que ele pode não ter esse visual durante todo o jogo.

“Donald e Pateta estão procurando pistas sobre Sora no mundo original,” explica Nomura. “Todos os mundos reais antes da exibição do título [no trailer] são todos segmentos de Quadratum e Sora parecerá realista, mas se ele puder retornar ao mundo original, ele se parecerá com Donald e Pateta, com camadas gráficas como Donald e Pateta”.

Kingdom Hearts IV não possui uma data de lançamento ou plataformas anunciadas.