Neste último fim de semana, sites começaram a noticiar que um suposto desenvolvedor que trabalhou em Trek to Yomi disse que o novo jogo da Devolver Digital fez mais dinheiro no Xbox Game Pass do que jamais conseguiria fazer no PlayStation.

‘Fomos bem pagos para estar no Game Pass e não fazíamos parte de nenhum acordo de marketing, [enquanto que] Trek to Yomi teve um marketing completo’, diz o tweet. Porém, a informação é falsa.

Após a informação viralizar, o usuário disse que nunca trabalhou em Trek to Yomi e que estava apenas dizendo que, como o seu estúdio nunca teve um marketing envolvido com o Xbox Game Pass, ele assumiu que um acordo pode ser benéfico.

É uma situação bastante estranha e que acabou viralizando pelos motivos errados (guerra de consoles). Tal conclusão só poderá ser feita se algum dia tivemos informações concretas de quanto o jogo vendeu em outras plataformas e de quanto foi o acordo com o Xbox Game Pass. Isso, porém, parece ser bastante improvável se tornar público.

É importante ressaltar também que o usuário em questão diz ser bipolar e que está recebendo ameaças de morte, portanto pedimos apenas que ignore a situação e não passe o que ele disse adiante – mas jamais faça ameaças em hipótese alguma.