It Takes Two, o jogo mais recente da Hazelight de Josef Fares, foi atingido por uma reivindicação de marca registrada da empresa Take-Two Interactive, dona da Rockstar de Grand Theft Auto.

It Takes Two foi atingido por uma reivindicação de marca registrada pouco depois de ser lançada no início deste ano. Os registros mostram que a desenvolvedora Hazelight foi subsequentemente forçada a abandonar a propriedade do nome.

Um porta-voz da Hazelight disse que o estúdio “não pode comentar sobre as disputas em andamento”, mas a equipe está “esperançosa de que isso seja resolvido”.

Mesmo assim, a Hazelight não contestou que foi forçada a abandonar a marca registrada em seu jogo por causa da Take-Two – algo que pode ser visto neste aviso de abandono enviado ao Escritório de Patentes dos Estados Unidos (via Eurogamer) logo após a reclamação da Take-Two.

Não se sabe ainda como isso afetará a capacidade da Hazelight de vender ou comercializar It Takes Two atualmente, quaisquer planos de renomear o jogo ou ideias para qualquer sequência em potencial.

It Takes Two é a última vítima de várias reivindicações de marcas registradas e direitos autorais da Take-Two, e apenas uma das dezenas de reivindicações emitidas neste ano contra uma ampla gama de empresas e produtos. A Take-Two está por trás de processos para contestar vários nomes com conexões com as palavras “rockstar”, “clube social”, “mafia”, “civilization” e muito mais.