O CEO da Gearbox, Randy Pitchford, revelou que um dos personagens de Borderlands 3 foi projetado com a intenção de escalar Danny DeVito como sua voz oficial, mas as coisas não saíram como planejado.

Typhon DeLeon é um NPC de Borderlands 3 que se autodenomina o primeiro Vault Hunter (Caça-Arca). Muitos fãs do jogo compararam o personagem a DeVito anteriormente, mas suas semelhanças nunca foram confirmadas anteriormente. Aparentemente, um encontro casual entre Pitchford e DeVito resultou no último declarando seu desejo de dar voz a um personagem em um dos jogos da Gearbox.

Enquanto a equipe criava o personagem, eles queriam alguém que fosse “famoso e imaginado ser o super-herói perfeito em estatura e aparência”. Aqueles que já jogaram o jogo perceberão que DeLeon não é nem remotamente assim, principalmente porque Pitchford queria “meio mito e meio realidade”, um que acabou sendo “despretensioso, curto e áspero nas bordas”. Conforme o personagem foi se desenvolvendo, ele foi formado com DeVito em mente como ator.

Quando se tratou de escalar o personagem, as discussões começaram com DeVito, mas “os associados de Danny continuaram a ignorá-los”. Outro motivo para desistir da ideia foi que o designer de Motion Graphics, Mike Cosner, foi “tão bom no papel” quando a equipe estava testando as falas do personagem e “acertou” mas gravações temporárias de narração. Como tal, Cosner acabou escalado como a voz oficial do personagem.

Caso tenha perdido, Borderlands 3 está celebrando seus dois anos com eventos, skins e keys.