Uma das exclusividades mais marcantes nos videogames foi a de Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots – a ponto de até hoje só existir no PS3. Mas há uma curiosidade nessa história: a Sony não pagou pela exclusividade.

No passado, Hideo Kojima deu a desculpa de que uma versão de Xbox 360 de MGS4 não existiria por causa do DVD. “Lamento dizer que uma versão do Xbox 360 não está sendo lançada, porque uma versão do Xbox 360 de MGS4 não foi colocada à venda”, disse Kojima em relação a Metal Gear Solid: The Legacy Collection, uma coletânea que incluía todos os jogos da série (até 2013) para o PS3. “Para explicar a situação, a quantidade de dados no MGS4 é muito grande”.

O PS3, apontou Kojima, usa Blu-ray. O Xbox 360 usa DVD. Então, se a Konami lançasse MGS4 no Xbox 360, seriam necessários sete DVDs. “Quando o próximo console [Xbox] estiver disponível, talvez possamos lançá-lo [presumivelmente, The Legacy Collection]”, acrescentou Kojima. “Se lançarmos uma versão no Xbox 360 sem MGS4, então não é The Legacy Collection“. Como sabemos, isso não aconteceu e inclusive Kojima saiu da Konami logo depois de MGSV: The Phantom Pain.

No ano passado, tivemos o lançamento do livro ‘The Ultimate History of Video Games, Volume 2: Nintendo, Sony, Microsoft, and the Billion-Dollar Battle to Shape Modern Gaming‘. Nele, há uma citação que deixa a história mais interessante:

A crença predominante na indústria era que a Sony deveria ter garantido um acordo exclusivo para o jogo. Não era verdade. Se Kojima tivesse escolhido portar o jogo para o Xbox 360, seus chefes certamente teriam aprovado a decisão, mas ele não estava pronto para dar o salto.

Ou seja, apesar da exclusividade de Metal Gear Solid 4 no PS3, a Sony não pagou por isso. Foi uma decisão única (e ‘exclusiva’) de Hideo Kojima não lançar no Xbox 360 ou até mesmo no PC.

Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots foi lançado em 12 de junho de 2008 para o PS3. Em agosto de 2012, o jogo recebeu suporte a troféus.

Metal Gear Solid 4