Runescape

Os fãs dos MMORPGs da velha escola estão prendendo a respiração. Em 13 de março, Andrew Gower e sua equipe lançaram um trailer do jogo chamado Brighter Shores. Este é um projeto free-to-play com muitas profissões e um mínimo de trabalho, que não é mais relevante em 2024. Demorou 10 anos para desenvolver o jogo.

Um rápido flashback: vamos relembrar o Runescape

RuneScape é um jogo de RPG online multijogador massivo (MMORPG) conhecido por seu vasto mundo aberto, rico conhecimento e diversas experiências de jogo. Desenvolvido e mantido pela Jagex, uma empresa britânica de videogame fundada em 2001 pelos irmãos Andrew e Paul Gower, RuneScape foi lançado como um jogo baseado em navegador em 2001. Desde então, evoluiu significativamente, com múltiplas iterações e atualizações. Ao longo dos anos, o RuneScape passou por inúmeras atualizações e revisões, incluindo a introdução de novas habilidades, missões e mecânicas de jogo. RuneScape conquistou uma base de jogadores grande e dedicada, com milhões de usuários ativos em todo o mundo.

O que é Brighter Shores: todas as respostas aqui

Em Brighter Shores, os jogadores assumem o papel de um novo recruta nas fileiras dos guardas da cidade de Hopeport, aspirando a subir na hierarquia e conquistar um nome para si. No entanto, a tranquilidade do seu novo papel dura pouco, à medida que surgem desafios imprevistos. De incursões de goblins a tempestades misteriosas e outras ameaças inesperadas, os jogadores podem antecipar uma jornada dinâmica e cheia de acontecimentos, cheia de perigos e aventuras.

Brighter Shores, um MMORPG gratuito, promete uma experiência de jogo tranquila ambientada na serena cidade costeira de Adothria. Desenvolvido pela Fen Research, um estúdio fundado pelo cofundador da Jagex, Andrew Gower, e ex-desenvolvedor líder do RuneScape, o jogo apresenta uma atmosfera aconchegante e uma forte ênfase na elaboração. Três classes de personagens distintas – Cryoknight, Hammermage e Guardian – oferecem aos jogadores estilos de jogo variados. A Fen Research visa minimizar a rotina típica associada aos MMORPGs, oferecendo um passe premium com tudo incluído para conteúdo adicional, em vez de depender de microtransações.

Em contraste com os MMORPGs tradicionais, Brighter Shores se destaca pela sua jogabilidade independente que não depende do envolvimento de outros jogadores. Com lançamento previsto para PC via Steam, o jogo já atraiu comparações com RuneScape 4 devido aos seus elementos familiares. Ele adota um formato de cima para baixo baseado em grade, apresentando uma série de habilidades para dominar, incluindo pesca, ferraria, magia, alquimia e até montagem de dinossauros. Apesar de seu movimento baseado em grade, o jogo garante uma jogabilidade responsiva, evitando a mecânica baseada em ticks.

Os jogadores assumem o papel de um membro novato da guarda da cidade de Hopeport, em busca de reconhecimento e progresso. No entanto, a tranquilidade dura pouco à medida que surgem desafios, como incursões de goblins e tempestades misteriosas. Brighter Shores oferece uma aventura episódica repleta de exploração, investigação e sobrevivência em meio a um mundo pitoresco, mas perigoso.

Isso é grátis?

Brighter Shores adota um formato episódico dentro de sua estrutura MMORPG free-to-play, oferecendo aos jogadores a opção de comprar um passe premium para acesso a todos os episódios e conteúdo que os acompanha. Esse modelo está delineado de forma transparente no Steam, onde o jogo estará disponível, garantindo clareza aos jogadores. Embora o jogo base permaneçagrátis para jogar, o passe premium concede acesso a atualizações contínuas de conteúdo e facilita o comércio na economia do jogo.

O que sobre jogabilidade?

Semelhante ao RuneScape, Brighter Shores oferece aos jogadores uma ampla gama de atividades além do combate. Os jogadores podem explorar uma infinidade de profissões, incluindo pesca, coleta de alimentos, culinária, corte de lenha, mineração, alquimia, pedreiro, comércio, ferraria e muito mais. Esta ampla gama de opções permite aos jogadores adaptar sua experiência às suas preferências e estilos de jogo.

O jogo evoca uma vibração antiga do RuneScape, apresentando ambientes nítidos e visualmente agradáveis ​​apresentados em formato de grade semelhante a uma mesa. Alimentado pelo motor Fenforge proprietário da Fen Research, Brighter Shores promete expansão contínua pós-lançamento, com novos episódios introduzindo missões secundárias, profissões e terras únicas enquanto avança a narrativa abrangente. Paul Gower, conhecido por suas contribuições ao RuneScape, atua como designer narrativo do jogo, garantindo uma experiência narrativa rica e envolvente.

Andrew Gower, cofundador da Jagex e principal desenvolvedor do RuneScape, expressa sua paixão por Brighter Shores, descrevendo sua criação como um trabalho de amor. Apesar dos desafios assustadores enfrentados durante o desenvolvimento, Gower está emocionado ao testemunhar a fruição de seus esforços e antecipa ansiosamente a diversão dos jogadores com o mundo do jogo e suas inúmeras ofertas.

Quandoéo lançamento?

Brighter Shores está previsto para ser lançado no terceiro trimestre de 2024, marcando um período entre julho e setembro para sua estreia.

Há muitas outras coisas interessantes para fazer antes do lançamento do novo MMORPG. Sobre Mostbet Brasil você pode apostar em esportes e e-sports.