Brendan “PlayerUnknown” Greene, o homem cujos esforços de modding e design ajudaram a criar o gênero Battle Royale como o conhecemos, deixou a empresa-mãe de PUBG, a Krafton, para formar seu próprio estúdio de desenvolvimento. Greene estava com a empresa coreana Krafton desde 2016.

Em 2019, no entanto, Greene parou de envolver-se diretamente no PUBG e, em vez disso, mudou-se para Amsterdã para liderar os Projetos Especiais de PUBG da Krafton, onde começou a desenvolver um novo jogo provisoriamente chamado Prologue, que seria “uma exploração de novas tecnologias e jogabilidade”.

Greene está em Amsterdã para dirigir esta nova empresa, chamada PlayerUnknown Productions, que será independente, mas na qual Krafton terá “uma participação minoritária”. Em um comunicado divulgado hoje, Greene agradeceu o suporte a todos envolvidos com PUBG e com a Krafton.

Não se sabe no que exatamente seu estúdio está trabalhando, embora um comunicado de imprensa que acompanha a notícia mencione que “a equipe está explorando os sistemas necessários para permitir uma escala massiva em jogos de mundo aberto”.