O veterano desenvolvedor Toshihiro Nagoshi, famoso por Sega Rally, Super Monkey Ball e principalmente Yakuza, está nos estágios finais de negociação de um contrato para deixar a SEGA e ingressar na empresa chinesa NetEase, de acordo com um relatório do site Bloomberg (via Kotaku).

Nagoshi ingressou na SEGA em 1989 e trabalhou em tudo, de Daytona a Virtua Fighter e até mesmo F-Zero GX. Mas são os jogos Yakuza que talvez o tenham tornado mais famoso no Ocidente, especialmente devido ao seu destaque público como chefe do estúdio de desenvolvimento, o Ryu Ga Gotoku.

O site Bloomberg afirma que, embora “não tenha assinado um contrato definitivo e suas funções ainda não tenham sido finalizadas”, ele vai “formar seu próprio time e criar novos jogos”. Especula-se que este é um movimento da NetEase para revidar os rivais Tencent, que gastaram muito com vários desenvolvedores em todo o mundo nos últimos anos, como a PlatinumGames e Sumo Group.

Embora a saída de Nagoshi provavelmente não tenha um grande impacto em qualquer uma das séries em que ele trabalhou recentemente, uma vez que todos pertencem à SEGA e são feitos por grandes equipes de desenvolvedores, ainda assim é uma notícia impactante.