Arranger: A Role-Puzzling Adventure

O texto abaixo foi publicado no PlayStation.Blog brasileiro.


Olá! Eu sou Nick Suttner. Você já deve ter visto meu nome no PlayStation Blog em vários contextos (recentemente, como roteirista do jogo Carto), mas hoje venho na posição de cofundador do pequeno estúdio Furniture & Mattress para anunciar nosso primeiro jogo para PS5, Arranger: A Role-Puzzling Adventure.

Mas o que seria um jogo de puzzle-RPG, afinal? Bem, passamos os últimos anos criando o tipo de mundo que se encontra em RPGs: cidades peculiares e áreas selvagens para explorar, personagens excêntricos para conhecer e monstros esquisitos para enfrentar nas masmorras. Mas Arranger usa a linguagem de um jogo de puzzle para expressar esse mundo. E por isso é chamado de “role-puzzling”!

Todo o mundo do jogo é organizado em uma ampla grade interconectada, e, à medida que nossa protagonista Jemma vai se movimentando, tudo que está na mesma linha ou na mesma coluna se movimenta com ela. Além disso, quando ela e outros objetos chegam ao limite da tela, reaparecem do lado oposto da grade. Ao longo da aventura solo, que dura de 8 a 10 horas, essas mecânicas simples são distorcidas e subvertidas de várias maneiras interessantes em diversos momentos, oferecendo novidades divertidas e desafios satisfatórios. Mas se você não quiser ficar quebrando a cabeça, também existem várias opções de assistência para pular os desafios.

A gente sabe que todo RPG que se preze precisa de uma história envolvente. Da mesma forma que nos quebra-cabeças, tentamos criar uma narrativa divertida e alegre, com alguns temas e ideias desafiadores para quem quiser encará-los. Acima de tudo, é uma jornada de autodescoberta, em que Jemma, uma jovem que não se encaixa na vida de cidade pequena, aventura-se pela primeira vez além das fronteiras de sua cidade natal. O que ela encontra é um mundo empolgante, mas dividido, tomado pela força imóvel conhecida como estática. Será que ela será capaz de abalar um mundo estagnado e agitar um pouco as coisas?

A verdade é que não conseguimos manter todas as convenções dos RPGs. Você não vai acumular XP nem progredir desbloqueando novos poderes. Em vez disso, o jogo oferece um fluxo regular de novas maneiras de testar a sua compreensão das mecânicas do jogo. Também não haverá um inventário a gerenciar no jogo: todos os itens passíveis de interação já existem na grade com Jemma. Se você encontrar uma porta trancada, precisará de uma chave, claro. Mas, em Arranger, você precisará descobrir como levar a chave até a porta, bloco por bloco, atravessando caminhos tortuosos sinuosos e ultrapassando obstáculos inesperados.

Por último, se você está reconhecendo a arte do jogo, existe um bom motivo. É porque o jogo tem direção de arte do meu cofundador David Hellman, o artista que trabalhou em Braid, o clássico moderno de plataforma e quebra-cabeça. É o primeiro jogo completo dele como artista principal desde Braid, e, com a ajuda de uma pequena equipe de artistas com um talento incrível, criou algo visualmente marcante e único. David também aproveita sua experiência como artista de quadrinhos para criar as cenas do jogo, usando painéis que lembram o estilo das HQs para expressar os momentos mais importantes da história. Com nosso outro cofundador, Nico Recabarren, designer do adorado Ethereal, e o incrivelmente talentoso compositor Tomás Batista, estamos aliando décadas (!) de experiência de criação de jogos à minúcia de uma equipe pequena para criar uma obra especial.

Arranger: A Role-Puzzling Adventure será lançado para PS5 na segunda metade de 2024, e estamos muito felizes em finalmente poder anunciar o jogo ao público. Obrigado por conferir nosso projeto e aproveite para entrar em arranger.quest se quiser saber novidades ou dar um oi!

Winz.io