É inegável que Apex Legends vive o seu melhor momento desde o lançamento do jogo há pouco mais de três anos. Com o encerramento das comemorações de aniversário com a atual temporada Rebeldia, é hora de começarmos a olhar para o que o futuro nos reserva com a próxima leva de lendas, atualizações de mapa e as constantes evoluções e mudanças que só um jogo de serviço consegue prover para seus jogadores (afinal, por aqui já se vão mais de 500 horas no jogo).

E é com isso que na próxima terça-feira, dia 10 de maio, teremos o lançamento da nova temporada, intitulada Salvação. À convite da EA, tivemos a oportunidade de checar tudo que estará presente nessa atualização e ter um pequeno vislumbre do que o futuro reserva. Tanto Newcastle quanto às mudanças em Zona de Tormenta só comprovam que a Respawn encontrou um ótimo ritmo para suas atualizações e os tempos áureos estão aqui.

Apex Legends

Se o nome e os trailers não são indicação o suficiente, o tema para essa nova temporada é “super-herói”. Newcastle, a nova lenda que chega ao jogo e cujo trailer foi divulgado hoje, é uma presença na lore do jogo já há algum tempo, sendo sempre retratado como um personagem virtuoso, um protetor destemido de Harris Valley.

Mas o último História das Terras Ermas mostrou que não só o antigo usuário do manto não era tão virtuoso assim, mas não é ele quem assume o seu lugar nos jogos Apex, mas sim uma outra figura carimbada: Jackson Williams, o irmão há muito tempo dado como desaparecido da Lenda Bangalore, presente no jogo desde o seu lançamento.

A introdução de Jackson no papel faz bastante sentido, com o jogo há algum tempo desenvolvendo mais sobre a história por trás da relação dos irmãos Williams e a própria natureza do personagem se encaixando naquilo que Newcastle representa, dado que ele sempre foi visto como um soldado de excelência, responsável por sempre proteger todos aqueles que o cercavam.

Apex Legends

Enquanto mistérios seguirão existindo sobre o que aconteceu com Jackson no período em que ele foi dado como desaparecido após ambos os irmãos desertaram da IMC, o seu kit de lenda não é mais um segredo e reforça o conceito do personagem: sendo uma nova lenda de Defesa, a primeira desde a temporada 06 que trouxe a Rampart, o seu papel é justamente manter seus aliados vivos em meio aos perigos das Terras Ermas.

De várias formas, Newcastle me parece uma alternativa a presença constante do Gibraltar no meta do jogo, oferecendo um gameplay relativamente similar. Sua passiva, Resgate de Feridos, te permite arrastar seus aliados enquanto os reanima, usando o seu Escudo de Reanimação para protegê-los. Esse Escudo será o mesmo do seu Escudo de Queda, dando assim uma maior importância para um item que era relativamente ignorado no jogo, salvo pela sua versão Lendária.

A Habilidade Tática chamada Escudo Móvel parece uma mistura entre as habilidades táticas da Rampart e Gibraltar, com o Newcastle arremessando um drone controlável que cria um escudo de energia em movimento. No entanto, ao contrário da bolha do Gibraltar, esse escudo é dividido em duas partes e ambas podem ser destruídas pelos seus adversários, dando maiores possibilidades aos inimigos para contorná-la.

Apex Legends

Por fim, a Habilidade Suprema Muralha do Castelo te permite realizar o seu melhor cosplay de super-herói e saltar uma longa distância até uma certa área ou até uma unidade aliada e criar uma fortaleza bastante fortificada na frente dela. Essa habilidade parece bastante poderosa a primeira vista, inclusive com um alcance bem alto caso você pule para proteger um aliado, mas na prática foi possível ver que não só os adversários poderão te flanquear, mas por ser uma barreira e não um domo você ficará vulnerável a granadas e inimigos em melhor posição no mapa, então não é algo que deverá chegar e dominar o jogo no lançamento.

De várias formas, o lançamento de Newcastle me deixa bastante empolgado, mas com um certo receio do cuidado da Respawn de evitar a situação vista no lançamento de tantas outras lendas (especialmente do Seer), faça com que ele se encaixe mais como um “Gibraltar piorado” do que uma lenda com seu próprio nicho e forma de jogar.

Dito isso, o kit de lenda dele como um todo é bem interessante e a personalidade do Jackson é algo bem cativante. Houve uma clara intenção de introduzi-lo como uma figura paterna ao elenco de personagens, quase como uma versão masculina da Horizon, e, como visto com a Wattson, jogadores de Apex estão mais do que dispostos a ignorar a suposta fraqueza de uma lenda dada a personalidade e carisma, algo que Jackson traz de sobra.

Apex Legends

É pensando e analisando mais sobre Newcastle e a forma como ele parece estar chegando, além da forma como foi o lançamento do Seer e da própria Mad Maggie que é possível passar a entender a polêmica declaração do Designer Sênior de Personagens Devan McGuire sobre a possibilidade do estúdio reduzir o ritmo de lançamento de novas lendas.

Desde a sua primeira temporada, uma nova Lenda foi introduzida ao jogo, algo natural visto que, apesar de rico, novas formas de se jogar eram necessárias dentro da proposta do jogo. Acontece que, agora com 21 Lendas em seu elenco, o balanceamento dos personagens parece estar próximo de alcançar um “ponto crítico”, onde eles dialogam bem entre si e vão mudando e se desenvolvendo aos poucos, mesmo sem a necessidade de constantes buffs e nerfs.

Isso foi inclusive bem retratado por coisas como o “pick-rate” das Lendas na última temporada e os trios presentes no Split 2 do Apex Legends Global Series que, mesmo ainda dominado pela presença de Gibraltar e Valkyrie, viu o ressurgimento de personagens que eram quase que totalmente ignorados até pouco tempo como Loba, Fuse e Horizon sem que eles tenham recebido qualquer tipo de mudança no seu kit.

Apex Legends

Por essa razão, quando McGuire diz que o estúdio não quer “saturar o elenco de Lendas” e que quanto maior o número de personagens, mais difícil se é torná-los “únicos sem fazê-los muito poderosos ou muito de nicho”. É claro, rumores e vazamentos mostram que a Respawn segue trabalhando em várias lendas, mas é um trabalho demorado e longo, visto o fato de que o próprio Newcastle passou 2 anos em desenvolvimento até finalmente chegar ao jogo.

Onde a Respawn pode e deve seguir mexendo para manter o jogo fresco é nas mudanças dos mapas e isso é o que mais chama a atenção com a nova versão de Zona de Tormenta. Enquanto minha empolgação e amor pelo mapa veio desde o começo, na prática foi possível perceber que ajustes eram necessários, visto que os jogadores se viram atraídos para dois Pontos de Interesse em específico, algo bem problemático quando se tem um mapa tão grande.

Com isso, Zona de Tormenta receberá um novo Ponto de Interesse situado na carcaça do monstro abatido no mais recente História das Terras Ermas, um ponto diretamente desenhado para servir como um dos principais PdIs do Mapa e tentar desafogar a quantidade de jogadores se acumulando no Barômetro no começo das partidas.

Apex Legends Salvação

O mapa segue a recente visão de design que o estúdio adotou, com os jogadores podendo explorar as entranhas do monstro, onde o melhor loot está ou dominar todo o PdI se posicionando em cima da carcaça e tendo visão de toda a região, mantendo a verticalidade que definiu o mapa. É algo bem interessante na teoria e que pode render tanto um bom ponto inicial quanto círculos finais bem divertidos.

A outra importante inclusão são os Arsenais IMC, uma nova área PvE exclusiva de Zona de Tormenta. Ao entrar nelas, o trio ficará trancado ali e entra em um curto evento de 60 segundos onde você enfrentará ondas de inimigo. Ao final, quanto mais ondas você tiver derrotado, melhor será o loot que os jogadores terão. O loot será todo personalizado, com o jogo lendo o que você já tem e te dando melhorias baseadas nisso. Então se você entrar com uma arma com carregador e coronha branca, pode sair de lá com a arma toda dourada, por exemplo.

A função dos Arsenais é servir como um bom ponto de loot para o mid-game, ainda que ele também funcione como um ponto de queda alternativo. De certa forma, é uma versão melhorada dos Trials do Bloodhound visto em Confins do Mundo e a Respawn deixou bem claro que, caso ele seja considerado como um sucesso e abraçado pelos jogadores, há uma grande possibilidade de surgirem nos outros mapas em atualizações futuras.

Apex Legends Salvação

No geral, a sensação que eu tive com essa nova temporada é bastante promissora. Ainda existem algumas coisas que precisam ser reveladas, como a completa natureza De como funcionarão os eventos ao longo dela (a Respawn confirmou apenas que teremos o retorno do modo Controle na segunda metade dela) e como, na prática, a completa reformulação das partidas Ranqueadas funcionará.

Mas a verdade é que, com todo o cuidado da Respawn, Apex Legends se consolidou não só como um dos mais bem-sucedidos Battle Royales da atualidade (com um crescente número de jogadores ativos e se consolidando como o segundo jogo mais lucrativo da EA) mas, na prática, como o melhor FPS do subgênero.

Se você ainda não está jogando, o que você está esperando? Estamos vivendo tempos áureos e de enorme sucesso no jogo e, convenhamos, nada melhor do que pular no escudo do nosso protetor e salvador Newcastle e garantir que o seu trio será o último de pé na Zona de Tormenta.